Coluna 04-01-2021

Investimento nos municípios
O governo do Estadual, visando qualidade de vida para os paranaenses, investiu cerca de R$ 1,89 bilhão nos municípios em dois anos. Os recursos foram aplicados em diversas áreas, como no desenvolvimento de projetos de pavimentação e de atenção à saúde, de apoio à educação, investimentos sociais e de cuidados com o meio ambiente. “Este Governo tem compromisso com as pessoas e busca tornar melhor a vida de quem está no município. Em quase dois anos, foram 3.255 ações”, destacou o secretário de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega.

Pacote de obras
O prefeito de Leonaldo Paranhos (PSC) anunciou durante sua posse ao segundo mandato um pacote de R$ 130 milhões em obras que vão atender diversas áreas em Cascavel. Esse recurso será investido nas áreas da saúde, educação, revitalização asfáltica e assistência social. “A população pode esperar sintonia, praticidade e muito trabalho. Nós já conhecemos os caminhos, conhecemos as dificuldades, já temos parte da solução”, disse Paranhos.

Turismo
O Parque Nacional do Iguaçu, o Marco das Três Fronteiras, a Usina de Itaipu Binacional e o Parque das Aves juntos receberam 33,6 mil turistas nacionais e estrangeiros nos três primeiros dias de 2021. Essas atrações são os motores do turismo em Foz do Iguaçu, um dos destinos mais procurados no País.

Turismo II
Os números apontam para uma retomada gradual do turismo. Para impulsionar ainda mais o setor e ajudar a cidade recuperar as perdas de 2020, o Governo do Estado, o governo federal, a Itaipu Binacional, a prefeitura e o setor privado estão tirando do papel algumas das principais obras de infraestrutura da cidade, como a Ponte da Integração Brasil – Paraguai, a ampliação da pista do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e a duplicação da Rodovia das Cataratas.

Legislativo da capital
O vereador Tico Kuzma (PROS) foi eleito presidente da Câmara Municipal da Capital do Paraná, Curitiba. Kuzma presidirá a casa pelos próximos dois anos e afirma que buscará uma relação harmoniosa com o Executivo, respeitando a independência da Câmara e dos vereadores. A Câmara de Curitiba teve uma renovação de 47%, com 18 novos vereadores eleitos e 20 reeleitos. Entre as primeiras medidas da nova Mesa Diretora está a devolução dos carros oficiais adicionais a que os membros da direção do legislativo têm direito atualmente.

IPVA 2021
Desde sexta-feira, 1° de janeiro, os contribuintes podem consultar o calendário e emitir a guia de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2021 Paraná pela internet. A primeira parcela ou parcela única do  Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores começa no dia 18 de janeiro. O pagamento do IPVA no Paraná terá uma novidade este ano, poderá ser feito em até 5 parcelas mensais. Em 2020, o parcelamento máximo foi de três meses.

Voto eletrônico
Pesquisa realizada pelo Datafolha mostra que a votação de forma eletrônica tem apoio de três em cada quatro brasileiros, o que corresponde 73% da população, ou seja, maioria acredita que o voto eletrônico deve ser mantido. Esse sistema de votação está em vigor no Brasil desde a década de 90. A segurança do sistema eletrônico de votação foi colocada em cheque nas eleições municipais deste ano. O TSE tem feito campanhas para esclarecer a confiabilidade da tecnologia utilizada para computar os votos.

Volume de obras
No um balanço anual realizado pelo governo federal apontou que o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, entregou quase 100 obras em apenas um ano. Freitas é um dos integrantes com maior prestígio popular do governo Jair Bolsonaro e os resultados divulgados reforçam o seu prestígio junto ao governo. Segundo o próprio ministro, 2020 foi um ano “desafiador” em razão da pandemia, e afirma que “o número de obras poderiam ser ainda melhores, não fosse a dificuldade em executar os projetos em meio a pandemia”.

Vacina particular
A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas informou que negocia a compra de cinco milhões de doses do imunizante Covaxin, produzido pelo laboratório indiano Bharat Biotech. Os primeiros estudos revelaram que ele não gera efeitos colaterais graves e produz anticorpos para a Covid-19.

Vacina particular II
Para ser aplicada no Brasil, a vacina ainda necessita da autorização da Anvisa. De acordo com Geraldo Barbosa, presidente do órgão, o pedido de registro pode ser feito em fevereiro. Se registrado, as doses do imunizante indiano estarão disponíveis nas clínicas particulares em março.

Verba garantida
Mesmo após os vetos de Jair Bolsonaro à Lei de Diretrizes Orçamentárias, o governo federal reiterou que estão mantidos e garantidos os recursos para a aquisição, distribuição e desenvolvimento das vacinas contra a Covid-19. De acordo com o Ministério da Economia, as vacinas que compõem o Programa Nacional de Imunizações (PNI) são obrigações legais e não podem ter os recursos bloqueados.

Sem data
O Ministério da Saúde informou que não há data definida para o início da vacinação contra a covid-19 no Brasil. Segundo a informação do secretário-executivo Elcio Franco no fim do ano passado, “na melhor das hipóteses, a vacinação começa no dia 20 de janeiro; em um cenário intermediário, entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro; já no pior, após 10 de fevereiro”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.