TRT autoriza retomada parcial do abate e 40% voltam ao trabalho

A Avenorte Avícola contou o retorno de 40% dos funcionários nesta segunda-feira, 29. A autorização para o retorno parcial do abate na empresa antes dos 1q4 dias previsto pela Justiça do Trabalho foi concedida em atendimento a um recursos da Avenorte junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT) com base nas justificativas apresentadas pela defesa da indústria.

Os outros 60% dos trabalhadores farão o exame a partir de sexta-feira, dia 3 de junho. De acordo com a empresa, os trabalhadores que estão retornando às atividades já testaram positivo para o vírus, cumpriram a quarentena (14 dias de isolamento) e que estão recuperados, ou que fizeram os exames, testaram negativo e não apresentaram sintomas por 72 horas.

De acordo com a nota, os colaboradores que se enquadram nesta situação, não possuem necessidade de refazer os exames.

Conforme a empresa, será realizado protocolo de testagens em todos os funcionários, sendo autorizado o retorno do funcionário após o resultado do teste. Se o trabalhador já testou positivo anteriormente, cumpriu a quarentena e já se encontra recuperado, será permitido o retorno.

Paralisação

A Justiça do Trabalho havia determinado que a Avenorte suspendesse as atividades presencias de todos os trabalhadores por pelo menos 14 dias, e em caso de descumprimento, havia multa de R$ 500 por trabalhador.

A determinação da suspensão do frigorifico havia ocorrido por causa de um surto de contaminação do novo coronavírus no local.

Em 22 dias, de 19 de maio a 9 de junho, 193 trabalhadores tiveram diagnóstico positivo para a Covid-19. A Avenorte possui mais de três mil trabalhadores efetivos e terceirizados.

 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *