Protesto mobiliza avicultores contra Avenorte

Protesto organizado hoje pela manhã pela Comissão para Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadec) e Associação dos Avicultores de Cianorte (Aavic) mobilizou produtores de frangos integrados a Avenorte contra a empresa. Os trabalhadores realizaram uma carreata que saiu do Sindicato Rural, passou pelas principais avenidas da cidade e terminou em frente à planta industrial da Avenorte.

O objetivo do protesto se deve ao valor pago pelo quilo do frango produzido, o que inviabiliza a atividade. Os produtores reclamam que os valores praticados pela empresa estão defasados há cerca de três anos e atualmente mal cobrem os custos de produção dos 358 aviários que estes avicultores administram. 

Ponto principal do protesto, o preço pago pelo quilo do frango produzido pelos avicultores é de R$0,27 valor reajustado recentemente para R$0,2816. Na média, hoje o valor do quilo da carne seria de R$0,34, valor este suficiente para tirar os avicultores das dificuldades financeiras.

O protesto é uma tentativa de chamar a atenção da empresa e das autoridades locais para o problema que atinge os integrados e suas família.

Outro lado

Em nota, a Avenorte afirmou que a remuneração paga aos seus parceiros é superior à média paga no Paraná. Além disso, a empresa alega que corrigiu o valor da integração baseado na inflação de 2019 e também que aceitou seis das nove reivindicações solicitadas pela Cadec.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.