“Pedalando contra a Pólio”: Rotary promove evento contra a poliomielite

O Rotary Club de Cianorte Cinturão Verde convida a comunidade e participar do evento “Pedalando contra a Pólio” que acontece entre os dias 17 a 25 de outubro. Devido à pandemia do novo coronavírus, o evento terá um formato diferente. Neste ano, os próprios participantes definem o trajeto, horário e a duração da atividade.

O evento tem como objetivo conscientizar a população com relação ao combate contra a pólio.

Haverá inúmeras premiações e para participar basta que os interessados entrem no grupo do “Pedalando Contra a Pólio” no aplicativo Strava, disponível para todos os celulares.

Os participantes ainda podem compartilhar suas experiências usando a hashtag #pedalandocontraapolio e #endpolionow.

A campanha ainda reforça para que os participantes tomem todos os cuidados necessários com relação à prevenção ao Covid-19.

Premiações

As premiações acontecem em forma de doações ao Programa Pólio Plus em nome dos vencedores das categorias: maior trajeto pedalado; clube com o maior número de participantes; 20 quilômetros pedalados mais rápido;  10 quilômetros corrido mais rápido; melhor fotografia; trajeto percorrido mais curtido nas redes sociais; melhor transmissão ao vivo.

Programa Pólio Plus

Criado em 1985, o Programa Pólio Plus é o maior e prioritário programa da Fundação Rotary. Como resultado dos esforços do Rotary e dos parceiros chave do Programa Global de Erradicação da Pólio (GPEI) – OMS, UNICEF, CDC e Fundação Gates – mais de 2 bilhões de crianças já receberam a vacina oral, e o número de países endêmicos caiu de 125 em 1985, para somente dois em 2015. Através do Programa Pólio Plus, a Fundação Rotary já doou até agora US$ 1,3 bilhões ao GPEI.

Cinco motivos para erradicação da pólio

  1. Hoje, 19 milhões de pessoas que teriam ficado paralíticas, estão caminhando e 1,5 milhão de pessoas que teriam morrido, estão vivas;
  2. Se todos os esforços de erradicação forem interrompidos hoje, a pólio poderá ressurgir e paralisar 200.000 crianças anualmente. Um mundo livre da pólio será um mundo mais saudável para todas as crianças;
  3. Redes de vigilância da pólio e campanhas de vacinação também monitoram outros problemas de saúde, como a carência de vitaminas e o sarampo, permitindo que sejam tratados prontamente;
  4. Graças aos esforços globais para erradicar a pólio, mais de US$27 bilhões já foram economizados em custos relacionados à saúde desde 1988. A expectativa é que mais US$14 bilhões sejam economizados até 2050;
  5. O fim da pólio será uma das maiores conquistas na história da saúde pública, sendo a segunda doença humana, depois da varíola, a ser erradicada globalmente.

Fonte: Rotary

 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *