Fiscalização da Regional de Saúde visa orientar população e comerciantes

A 13ª Regional de Saúde, por meio da equipe da Polícia Militar e técnicos da Vigilância Sanitária Regional, estão fiscalizando os municípios que aderiram ao decreto estadual 4942/2020 contra a pandemia do coronavírus. Entre as determinações do decreto estavam o fechamento de qualquer atividade econômica não essencial em toda a cidade pelo prazo de 14 dias.

Os primeiros municípios fiscalizados foram Indianópolis, São Manoel do Paraná e São Tomé. De acordo com a chefe da 13ª Regional de Saúde, Adriana Guimarães, as equipes não tiveram problemas durante o trabalho. “Foi tudo dentro da normalidade esperada”, disse Adriana. Os próximos municípios a serem fiscalizados ainda serão divulgados pela regional.

Segundo a chefe da regional, o principal objetivo da fiscalização é conscientizar a população e seus comerciantes com relação aos cuidados necessários nesse período. “O decreto é de orientação, então o que se pretende é a sensibilização da população diante do momento que estamos vivendo, pois não adianta os administradores tomarem todas as providências e a gente não tiver essa conscientização”, explicou.

 “Fomos aos municípios e caso tivessem com algum estabelecimento aberto ou deixado de acatar alguma medida de prevenção íamos fazer toda a orientação”, afirmou Adriana.

Conforme a chefe, a fiscalização tem como objeto mostrar à população que os órgãos do estado têm feito a sua parte. “A ação é para que a população e os comerciantes entendam o que é importante nesse momento, acatando com as medidas previstas”, concluiu.

O cronograma de fiscalização dos demais municípios ainda não foi divulgado, mas ocorrerá por parte do Estado, ou seja, com o trabalho da Polícia Militar e de técnicos da vigilância.

Tapejara

No último sábado, 11, equipes do 7° Batalhão de Polícia Militar, realizaram uma operação integrada de fiscalização urbana em Tapejara. O objetivo do trabalho era fiscalizar o cumprimento de medidas de prevenção ao coronavírus e demais irregularidades em estabelecimentos comerciais. 

De acordo com a equipe policial, 19 bares foram fiscalizados, três deles foram notificados pela Vigilância Sanitária. Além disso, 120 pessoas foram abordadas, dentre elas três foram notificadas pelo Conselho Tutelar com termo circunstanciado por possuir drogas para consumo. Dois veículos também foram vistoriados.

A ação teve a participação de seis policiais militares, cinco integrantes da Vigilância Sanitária e um representante do Conselho Tutelar.

58 estabelecimentos foram notificados em Cianorte durante a pandemia

De acordo com a Prefeitura de Cianorte, desde o início da pandemia até a última sexta-feira, 10, 58 estabelecimentos foram notificados quanto ao descumprimento das normativas e medidas de prevenção em relação à Covid-19. Além disso, nove estabelecimentos foram interditados neste período.

Conforme esclareceu a administração, para reabrir os estabelecimentos precisaram apresentar um plano de contingência junto à Vigilância Sanitária. O documento é então analisado pelo órgão, que autoriza a reabertura se estiver tudo dentro dos parâmetros necessários.

Todos os estabelecimentos conseguiram reabrir e retomar o funcionamento normal.

Polícia Militar durante trabalho de fiscalização em estabelecimentos de Cianorte. Foto: Arquivo PMPR
 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *