Fiéis celebram Corpus Christi pela internet

As paróquias de toda a Diocese de Umuarama realizaram a celebração de Corpus Christi pelas redes sociais, na quinta-feira, 11. A solenidade não contou com a presença dos fiéis nas igrejas. Devido à pandemia do coronavírus, eles acompanharam as missas pela internet. A maioria dos Padres seguiu em carreata, levando o Santíssimo Sacramento e abençoando os que os acompanharam em carros ou nas calçadas.

De acordo a Diocese de Umuarama, foi um momento de fé e devoção que emocionou quem acompanhava de casa e quem presenciava a passagem. Em algumas paróquias esse momento também foi acompanhado de doações para serem entregues a quem necessita.

Para o fiel e agente de suporte operacional, Eduardo Martins, acompanhar a celebração pelas redes sociais foi uma experiência boa, além de colaborar com o distanciamento social. “Acompanhar pela internet foi uma experiência ótima. Pelo impedimento da Diocesse de Umuarama e pela CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – de não estarmos presencialmente nos templos, é ótimo acompanhar pela internet. Dessa forma, podemos evitar as aglomerações com risco de contrair a doença”, afirmou Martins.

Além disso, de acordo com o fiel, a emoção de assistir a solenidade pela internet foi a mesma. “Eu senti a mesma emoção que sinto durante todas as missas que costumo ir”, contou.

Segundo Martins, é importante que a igreja, mesmo no período de pandemia, continue tendo atitudes para aproximar os fiéis de sua fé. “Acredito também que o esforço da Igreja católica na contribuição para o Isolamento é válida, pois apenas fazer orações não adianta. Mas sim, a Igreja católica também deve fazer ações, que é o que está acontecendo”, concluiu.

A advogada cianortense Valdéia Soares, mora em Maringá há 12 anos, e tem acompanhado as missas online das suas cidades. Segundo ela, não é preciso estar presente em uma igreja para se emocionar. “Acho que Deus emociona. Eu chorei várias vezes em missas que assisti e comunguei virtualmente. O sentimento está no coração da gente, no lugar você vive aquela energia, mesmo na sala da sua casa, você esta participando”, afirmou.

Valdéia contou que assistiu a celebração da Catedral de Maringá com sua família e reforçou a importância de celebrarem os momentos unidos. “Assistimos com as crianças, em família. É muito importante, principalmente nesse momento que estamos vivendo, não podemos deixar de alimentar a nossa fé, mostrar isso pras crianças nesse momento tão difícil”, ressaltou.

Catequista há cinco anos, a advogada dá aulas para crianças da crisma de modo online. “As crianças estão participando. Todos os anos fazemos os tapetes nessa época. Infelizmente, neste ano não podemos devido à pandemia, mas fizemos atividades virtuais, uma forma de participarmos da celebração”, explicou.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.