Depois de três meses de retração, Cianorte registra saldo positivo na geração de empregos

Depois de três meses consecutivos com o saldo negativo na geração de empregos, Cianorte apresentou um cenário positivo. No mês de junho, foram registradas 573 admissões contra 501 demissões, ou seja, um saldo positivo de 72 contratações, conforme os dados estatísticos divulgados nesta terça-feira, 28, pelo Ministério da Economia e pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Desde o início da pandemia de coronavírus, o município não havia registrado mais contratações do que demissões.

Em junho de 2019, o município permaneceu na mesma faixa com um saldo de 83 contratações. Foram registradas 698 admissões e 606 demissões.

Com relação ao acumulado do ano de 2020, a Capital do Vestuário segue com saldo negativo de 324 vagas. Durante o ano todo foram registradas 4.149 contratações, contra 4.473 demissões.

Os meses de março, abril e maio apresentaram saldos negativos de contratações em 107, 670 e 202, respectivamente. O pior mês registrado este ano, abril, teve um número de admissões de 246, enquanto foram deligadas 879 pessoas.

Região

Dos 12 municípios da região, cinco registraram saldo negativo no mês de junho. Enquanto no mês de maio, 11 cidades registraram saldo negativo.

Neste mês, o saldo geral na região foi de +60. Já no mês passado, o saldo foi de -338.

Em junho, o município que registrou o pior saldo foi Jussara (-146). No mesmo período do ano passado, a cidade fechou o mês negativo com saldo de 13 demissões.

No primeiro semestre de 2020, oito dos municípios da região permaneceram com saldo negativo. Tapejara (-466), Cianorte (-342) e Japurá (-206) apresentam os piores números acumulados. O saldo do ano foi de -1.152.

Paraná

Em junho, conforme dados do Novo Caged, o estado registrou um total de 72.771 admissões ante 69.942 desligamentos, com saldo de +2.829.

Desde fevereiro o Paraná não alcançava um resultado positivo no Caged. Entre março e maio foram fechados 96.539 postos de trabalho, com saldo de -13.078 em março, -58.740 em abril e -24.721 em maio. Considerando todo o primeiro semestre, o saldo ficou negativo em 47.070, com 541.059 admissões e 588.129 desligamentos.

Em todo o país, apenas cinco estados apresentaram resultado mais positivo em junho. São eles: Mato Grosso (6.790), Pará (4.550), Goiás (4.334), Maranhão (3.907) e Santa Catarina (3.721). No Brasil inteiro, houveram 895.460 contratações no último mês e 902.940 demissões, o que dá um saldo de -11.679. Rio de Janeiro (-16.801), São Paulo (-13.299) e Rio Grande do Sul (-4.851) foram os estados que mais contribuíram para o resultado negativo.

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.