Depois de retração, Cianorte tem saldo positivo na geração de empregos

Depois de um mês de retração, Cianorte volta a ter um saldo positivo na geração de empregos, como revelou os dados divulgados nesta quinta-feira, 29, pelo Ministério da Economia e pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O município apresentou um saldo de 58 empregos formais em setembro. Foram 671 admissões contra 613 desligamentos no mesmo período.

Cianorte apresentou saldo positivo em todos os grupos de atividade econômica. O destaque ficou para o setor de serviços, que engloba administração pública, alimentação, informação, comunicação, atividades financeiras, alojamento, entre outros. Foram 125 desligamentos, contra 158 admissões, gerando um saldo de 33.

Logo atrás ficou o setor da indústria (13), comércio (5), construção (4) e agropecuária (3).

Desde o início da pandemia, em março, abril e maio, Cianorte passou por um período de retração. Em julho e julho, o saldo mensal foi positivo. Em agosto houve uma nova queda. Já em setembro, e o registro positivo voltou a aparecer.

Foram quatro meses de retração e seis com saldo positivo com relação ao número de novos empregos – o que gera um saldo final de -261postos de trabalho. Ao todo, foram 5.799 contratações contra 6.060 demissões.

Região

Levando-se em conta o acumulado do ano na região, Cianorte e mais quatro cidades possuem saldo negativo: Japurá (-142), São Tomé (-23), Tapejara (-496) e Terra Boa (-45). A microrregião possui um saldo total negativo, de -526.

Em contrapartida, durante o mês de setembro, apenas duas cidades registraram saldo negativo: Indianópolis (-9) e Tuneiras do Oeste (-7), as duas possuem saldo geral positivo.

Rondon, com 9,6 mil habitantes, apresentou o maior saldo registrado da microrregião, de 71. O município teve 152 admissões e 81 demissões.

Paraná

O Paraná segue pelo quarto mês positivo com saldo positivo e crescente. No mês de setembro, foram 106.382 admissões contra 86.650 desligamentos, ou seja, um saldo de 19.732.

A indústria e o comércio são os setores que apresentaram o maior saldo positivo, de 6.626 e 5.398, respectivamente. O setor que mais contratou (40.931), mas também o que mais teve demissões (36.215), foi o de serviços, que ficou com um saldo de +4.716. 

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.