Construção do Hospital Regional Clóvis Bongiorno vai começar nos próximos dias

A Prefeitura de Cianorte chegou ao final do processo licitatório para a construção do Hospital Regional Clóvis Bongiorno. A empresa B4 Construções Civis ganhou a licitação pelo valor de R$ 16.491.648,57. O projeto do hospital conta com cinco pavimentos e um total 12 mil metros quadrados. A estrutura será erguida na entre as Avenidas Amazonas e Maranhão.

De acordo com o secretário municipal de desenvolvimento urbano, Nelson Magron, o projeto do hospital é bem elaborado. “O projeto foi feito por empresa de Londrina, ficou muito bem elaborado e funcional. A estrutura conta com 234 leitos que vai atender não só Cianorte, mas toda a nossa região”, afirmou.

Segundo Magron, a construção do hospital era um grande objetivo da administração. “É um sonho Cianorte ter atingido um estágio, uma categoria de município que necessita de uma obra desse porte”, concluiu.

Conforme o prefeito Claudemir Bongiorno, a Santa Casa de Cianorte, não tem aparelhos necessários para as cirurgias de alta complexidade, por isso a unificação dos atendimentos no novo hospital. “Hoje não dá mais para não acompanhar a tecnologia. As cirurgias de hoje são feita com aparelhos e nossa Santa Casa não tem nada de alta complexidade. Todo dia temos pessoas indo para outras cidades para fazer os procedimentos e seria muito melhor se fossem feitas aqui”, afirmou o prefeito.

Como explicou o prefeito, com o novo hospital não haverá mais a Santa Casa. Segundo ele, o município não aguentaria tocar duas instituições de saúde publica ao mesmo tempo. “Se somar os leitos da Santa Casa e do Hospital São Paulo, não dá 200 leitos. Já o hospital conta com 234 leitos, podendo ser ampliado”, esclareceu.

“Foi uma decisão em conjunto e muito assertiva”, acrescentou o prefeito.

De acordo com o prefeito, o investimento no hospital só foi feito agora, pois logo no início de seu mandato a administração sabia que precisava focar na saúde. Por isso, a Santa Casa foi restaurada e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foi aberta. “No começo não tínhamos um bom hospital atendendo em Cianorte, então não tínhamos alternativa a não ser colocar a Santa Casa para funcionar”, afirmou o prefeito.

“Investimos todos os nossos esforços e nosso trabalho. Pensamos também em fazer a UPA para centralizar o atendimento e melhorar a qualidade do atendimento. Além dos 15 postos de saúde do município. Agora, com tranquilidade, podemos fazer um hospital”, concluiu.

Para o engenheiro e sócio administrativo da empresa B4, Rafael Boaretto, a iniciativa da construção é extremamente importante para a região. “Sabemos da nossa responsabilidade ao executar essa obra de grande porte e muito complexa”, disse o engenheiro.

A construção ainda vai gerar 80 empregos diretos, além da compra dos materiais de construção, o que vai gerar recursos para a cidade.

A obra deve ser iniciada nos próximos dias e foi dividida por etapas. A primeira, levantar e cobrir a estrutura, tem um prazo de 12 meses. O investimento total da obra estimado é de R$ 53 milhões.

 

Hospital Regional Clóvis Bongiorno contará com 12 mil metros quadrados. Foto: Divulgação PMC

WhatsApp Tribuna de Cianorte

Receba as principais notícias de Cianorte e região no seu WhatsApp, basta acessar o link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade da Tribuna de Cianorte.