Celebrações da Páscoa serão transmitidas por mídias sociais e evangélicos têm cultos por live 

As celebrações religiosas da Igreja Católica durante a Semana Santa obedecerá ao mesmo rito tradicional porém sem a participação presencial dos seus fieis. Com a pandemia do coronavírus a participação da população em celebrações ficou inviável. O bispo diocesano dom João Mamede Filho trouxe as orientações da Santa Sé para padres, diáconos, religiosos e leigos da Diocese de Umuarama para que as celebrações aconteçam em unidade.

De acordo com o bispo, a celebração da Páscoa deverá ser feita nos dias previstos e nas condições possíveis. Porém, a diocese está recomendando aos sacerdotes a transmitirem todas as celebrações pelas mídias, com o número mínimo de pessoas, caso seja necessário algum auxílio, e que não pertençam ao grupo de risco. Ainda foi orientado a todos a participarem das celebrações de duas casas.

Missas suspensas

As missas nas Igrejas Católicas continuam suspensas, mas as transmissões online seguem disponíveis aos religiosos. As transmissões acontecem todos os dias, inclusive durante o fim de semana.

Para fazer com que os fieis continuem interagindo com a igreja, o Santuário Eucarístico Diocesano – Paróquia Nossa Senhora de Fátima criou um confessionário ao ar livre para atender seus fiéis.

Com as portas fechadas desde o dia 16 de março devido ao coronavírus, o padre Bruno Rafael improvisou o confessionário para que os fieis viessem até a igreja e tivessem uma oportunidade de confessar.

Com duas cadeiras improvisadas, o espaço necessário e seguro entre elas, o uso de máscara de proteção e álcool em gel disponível aos fiéis, o padre trouxe a possibilidade dos religiosos continuarem ligados a igreja e participando da sua vida de fé.

Igrejas Evangélicas

De acordo com o pastor da Comunidade Evangélica de Cianorte, Maurício Kenji Uehara, a sua igreja realiza seus cultos de forma online por meio da página da Comunidade no Facebook. As reuniões com lideranças também acontecem de maneira.

“Usamos um aplicativo de conferencias para reuniões e mantemos os cultos online, com os jovens aos sábados, às 20h; cultos de estudos aos domingos de manha e segunda, às 20h; e as celebrações para todos nos domingos, às 19h”, contou o pastor.

As células foram encerradas por determinação dos Órgãos de Saúde. Segundo Uehara, as determinações devem seguir durante todo o mês de abril.

Conforme relatou o pastou, reuniões com ate 20 pessoas passaram a ser permitidas, mas na sua visão também podem colaborar com a proliferação do vírus. “Eu tenho aconselhado e sugerido os pastores a fazerem as lives e não as reuniões de 20 pessoas. Acredito que se o vírus se propaga por meio do contagio do relacionamento pessoal, 20 pessoas também podem trazer riscos”, alertou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *