Bongiorno diz na Câmara que prefeitura tem o controle da situação

O prefeito Claudemir Bongiorno prestigiou nesta segunda-feira, 3, pela manhã, a reabertura dos trabalhos do Legislativo após o fim do recesso parlamentar do mês de julho, na Câmara de Vereadores de Cianorte. A visita, com direito ao uso da tribuna, atendeu um requerimento do vereador João Alexandre Teixeira (Republicanos), que solicitava um panorama das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) em Cianorte. Durante seu pronunciamento, o prefeito discorreu números da doença, apresentou as ações que o municípios têm colocado em prática e garantiu aos vereadores que a prefeitura tem o controle da situação.

Bongiorno, que também acumula o cargo de secretário de Saúde, explicou aos vereadores que a cidade contabiliza, desde o aparecimento do primeiro caso, em 12 de março, o total de 754 confirmações da doença (dados fechados no domingo, 2), atualmente com 65 em isolamento domiciliar e quatro internados, sendo três na UTI e um na enfermaria. Foram descartados 1.399 e estão sob investigação 151.

“Como tivemos o caso dos moradores que viajaram para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, conseguimos se preparar, comprar medicamentos e contratar equipe de atendimento, antes que muitas cidades e isso ajudou, apesar do número de casos, a segurar o número de óbitos na cidade”, explica.

“Por hora, Cianorte tem o domínio da situação, pois temos 14 leitos de UTIs geral. Ao todo, são seis nos hospitais (estaduais); seis na UPA (municipais) e duas particulares”, conta. De acordo com o prefeito, há 15 leitos de enfermaria na Santa Casa, 12 na UPA e 30 no ambulatório instalado no Centro de Eventos Carlos Yoshito Mori, com oxigenação tubular. “O vírus está disseminado na cidade, abrir o Yoshito Mori não foi gasto, foi investimento”, detalhou. “Hoje a situação está sob controle, mas sabemos que o cenário pode mudar a qualquer momento. Por isso, temos mantido as ações de reforço dos equipamentos, medicamentos e profissionais exclusivos para o tratamento da Covid-19. Contamos com seis leitos de UTI cadastrados pelo Estado e que servem a todos da 13ª Regional de Saúde, mais seis montados pelo próprio Município e dois particulares”, completou o prefeito.

Segundo o prefeito, para que as ações preventivas propostas pelo poder público tenham efeito é preciso a colaboração da população. “Não sabemos mais o que fazer para que as pessoas tenham consciência e respeitem as exigências do decreto municipal, principalmente sobre o uso das máscaras e evitar aglomerações. Estamos fazendo as fiscalizações, orientando e até mesmo interditando estabelecimentos. O cianortense precisa entender que enquanto cada um não fizer a sua parte na prevenção, todos correm risco. O município está com estrutura para o atendimento, mas tudo é finito”, alertou.

Decreto estadual

Durante seu pronunciamento, o prefeito de Cianorte também comentou sobre os motivos de não seguir o decreto estadual, que suspendeu atividades não essenciais em sete regiões, inclusive a regional de Cianorte, por 14 dias, no início de julho.

“Optamos, em equipe, não seguir o decreto estadual, pois já existia, na época, o decreto municipal, que estava em vigor e, dessa forma, prejudicaria o controle e o combate na cidade”, salienta.

Retorno das aulas presenciais

Segundo Claudemir Bongiorno, não há previsão de retorno das escolas municipais. “Em 20 a 30 dias, vamos consultar e ouvir os pais, bem como discutir com os vereadores o melhor momento de voltar. Não teria coragem de ser um dos primeiros prefeitos a voltar, mas quando retornar, eu começaria com a educação infantil”, esclarece.

Hospital Municipal de Cianorte

O prefeito também comentou sobre o andamento da obra do hospital regional, que prevê a construção de 242 leitos. “Desde dezembro de 2019 e ainda não terminamos a licitação, infelizmente, devido a enxurrada de recursos das empresas que participam do certame. A obra precisa começar urgente, independentemente quem irá inaugurar, pois a cidade precisa ter um local de referência com UTI Neonatal”, finaliza. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores e da Prefeitura de Cianorte)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *