Coluna ADI Paraná
Livre da aftosa

Há mais de 40 anos que o Paraná busca o fim da vacinação contra febre aftosa. Foi um processo longo que envolveu o compromisso dos setores público e privado. A certificação pela Organização Mundial de Saúde Animal é o coroamento de todo este esforço - do presidente da Faep, Ágide Meneguette, sobre OIE declarar o Paraná livre da febre aftosa.

Status livre

Em janeiro e agosto de 2018, técnicos do Ministério da Agricultura avaliaram programas, estrutura, capacidades técnica, financeira e administrativa do serviço de vigilância da sanidade agropecuária paranaense. O serviço foi o mais bem avaliado do Brasil, melhor até que Santa Catarina - único estado que já goza do status livre de febre aftosa sem vacinação. O Paraná superou a pontuação da auditoria do Mapa em 48% dos quesitos e alcançou a pontuação necessária em 35%.

Aposentadoria

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa vota hoje o projeto de lei do governador Ratinho Junior que prevê o fim da aposentadoria dos ex-governadores do Paraná. O deputado Homero Marchese (Pros), relator da matéria, adiantou que seu parecer será pelo fim do benefício.

Eleição na FPF

Termina hoje o prazo para registro de chapa às eleições da Federação Paranaense de Futebol marcadas para 30 de março. O atual presidente, Hélio Cury, vai concorrer a reeleição

Top Tur

A entrega do Prêmio Panorama do Turismo será durante do Salão Paranaense do Turismo nos dias 3 e 4 de maio em Curitiba. Na sétima edição, o Top Tur tem votação internet. No site www.panoramadoturismo.com.br é possível votar nos indicados em nove categorias da cadeia produtiva do setor turístico paranaense.

Pelo SMS

A Sanepar ampliou o uso do serviço de mensagens escritas por telefone, tipo SMS, para se comunicar com o cliente e avisá-loe sobre medidas que serão adotadas devido ao atraso no pagamento da fatura. Hoje, cerca de 68% das matrículas de clientes têm celular cadastrado na Sanepar. O SMS já é utilizado, desde janeiro de 2018, para informações sobre falta de água, orientações comerciais e de utilidade pública.

Alimentar o mundo

O governador Ratinho Junior tem reiterado seu empenho pessoal em consolidar o Paraná como o maior produtor de alimentos do planeta. "Para se destacar no fornecimento de alimentos, o Estado precisa resolver os gargalos logísticos e criar condições para exportar de forma mais eficiente para China, EUA, entre outros países, e escoar a produção".

Inadimplentes

Pesquisa Fecomércio/CNC mostra que 90,8% dos paranaenses estão endividados. O percentual de fevereiro é similar ao de janeiro (90%), com aumento em relação a fevereiro de 2018 (86,8%). Entre os endividados, 26,5% estão com contas atrasadas e 11,4% não terão condições de pagar suas dívidas. O indicador nacional de famílias endividadas é de 61,5%, um aumento em relação a janeiro (60,1%) e estabilizou diante de fevereiro do ano anterior (61,2%).

Redução do ICMS

O deputado Romanelli (PSB) pediu ao Estado a prorrogação por mais um ano do decreto que reduz a cobrança do ICMS - de 12% para 7% - na comercialização de peixes para São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, rio de Janeiro e Santa Catarina. A validade expira no próximo 30 de abril.

Apoio de Itaipu

O governador Ratinho Júnior pediu ao presidente da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, apoio para projetos estratégicos do Estado, entre eles, o corredor bioceânico ligando o Porto de Paranaguá ao de Antofagasta, no Chile, e a manutenção da distribuição dos royalties nos moldes atuais, quando o anexo C do Tratado for revisado.

___

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 22 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br