Coluna ADI Paraná
Cida se movimenta

No sábado, 25, Cida Borghetti (PP) participou de três eventos políticos em Curitiba. Logo cedo, a ex-governadora foi à posse da nova diretoria do DC (antigo PSDC). O maringaense Valter Viana assumiu a legenda com a presença do presidente nacional, José Maria Eymael. Logo depois, Cida esteve na convenção do DEM onde reforçou o apoio ao prefeito Rafael Greca. À tarde, a ex-governadora reuniu mais de 300 mulheres de Curitiba, RMC e Litoral no evento Mulheres que inspiram Mulheres do Movimento Mulher Progressista.

Aumento proibido

O prefeito Delegado Caíque (PSDB) comemorou a decisão da Justiça que impediu o reajuste da tarifa da Sanepar em Paranavaí. Diversas vezes fui chamado de aventureiro, demagogo e outras coisas que nem convém dizer. Porém, isso não me fez baixar a cabeça e desistir daquilo que sempre tive como propósito: defender o cidadão de Paranavaí. Essa liminar é a comprovação de que fazemos um trabalho sério e buscamos aquilo que é justo, afirma.

Proibido II

A liminar concedida pela Justiça informa que em caso de descumprimento da decisão, a Sanepar terá uma multa diária de R$ 5 mil, podendo chegar ao valor máximo total de R$ 500 mil.

Maconha medicinal

O deputado Goura (PDT) promove na quarta-feira (29), audiência pública sobre o uso medicinal da maconha "Mesmo com os resultados promissores do uso como medicamento, a burocracia, o preconceito e a falta de informação ainda são grandes obstáculos. É preciso lançar luz no debate sobre a regulação da cannabis medicinal, defende Goura. Segundo ele, não há motivos para as restrições que os beneficiários dos medicamentos da maconha enfrentam no Brasil. É uma situação absurda, diz.

Maconha II

Já o STF deve retomar o julgamento da descriminalização do porte de drogas no começo de junho. O tribunal, conforme magistrados, deve descriminalizar o porte ao menos da maconha.

Apoio às reformas

Um grupo de entidades lançou campanha em apoio às reformas propostas pelo governo federal. A campanha - que prevê a instalação de outdoors em pontos estratégicos e banners em sites e redes sociais - terá como motes a defesa por mudanças no Sistema S e aprovação da reforma da Previdência e do pacote anticrimes do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública). "Apoiar as mudanças na previdência, no sistema S e combate da violência e corrupção, são situações fundamentais para o futuro e dia a dia dos cidadãos", disse Fábio Aguayo, presidente do Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba.

Faep eleva o tom

A Faep elevou o tom na defesa do setor aeroagrícola contra o projeto de lei que visa a proibir a ferramenta aérea no Estado. Em editorial, a Faep chama a atenção duramente para as consequências imediatas que a medida provocaria. Entre elas, maior dificuldade de controlar pragas e doenças e a inviabilidade de culturas importantes, com a conta chegando na população: maior custo de produção = alimentos mais caros. O campo não precisa deste retrocesso!!".

Títulos cancelados

O TSE cancelou 2.486.495 títulos de eleitores por ausência nas três últimas eleições consecutivas. A maioria dos títulos cancelados está no Sudeste (1.247.066), seguido do Nordeste (412.652), Sul (292.656), Norte (252.108), Centro-Oeste (207.213) e 74.800 de eleitores residentes no exterior.

Mestrado de Dallagnol

O procurador federal Deltan Dallagnol retirou de seu perfil no twitter a informação de que é mestre em direito por Harvard. No Lattes, consta que Dallagnol concluiu nos EUA um curso de pós-graduação que foi revalidado como mestrado pela UFPR.

___

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br