Educação

Vestibular de Inverno da UEM começa domingo

A concorrência mais alta do campus local é para os cotistas de Pedagogia, com 6 candidatos por vaga
Quase 16 mil pessoas vão prestar as provas do vestibular da UEM, de domingo a terça-feira (Foto: ASSESSORIA UEM)

As provas do Vestibular de Inverno 2018 da Universidade Estadual de Maringá (UEM) serão realizadas nos dias 22, 23 e 24 de julho em nove cidades do Paraná. Maringá, Apucarana e Umuarama recebem a maior parte dos 15.940 vestibulandos, respectivamente, 11.081, 1.357 e 1.055. Em Cianorte, 700 candidatos vão prestar o concurso. O restante fará as provas em Campo Mourão, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã e Paranavaí.

De acordo com a Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU), entre o total de inscrições homologadas, 13.601 são não cotistas e 2.339 são cotistas. Cerca de 1,5 mil pessoas estão envolvidas com a organização do vestibular e haverá plantão de véspera no setor no sábado (21),  entre 7h40 e 11h40 e das 13h30 às 17h30.

 

PROVAS

Nos três dias de aplicação, as provas começam às 9 horas e seguem até as 13 horas. A entrada dos candidatos em sala será das 8h20 às 8h50, mediante apresentação de documento de identificação original impresso com foto e em bom estado de conservação.

No domingo será a prova de conhecimentos gerais, composta de 40 questões objetivas interdisciplinares; na segunda-feira, os candidatos farão a prova de Língua Portuguesa (10 questões) e Literaturas em Língua Portuguesa (cinco questões), Língua Estrangeira (cinco questões) e Redação e na terça-feira, último dia, será a prova de conhecimentos específicos, composta de 40 questões objetivas, 20 de cada disciplina determinada de acordo com o curso.

O gabarito provisório das questões objetivas será divulgado às 15 horas do dia 26 de julho e o resultado final em 30 de agosto. As matrículas ocorrem em 2019, juntamente com os candidatos aprovados no Vestibular de Verão 2018. Outras informações estão disponíveis no site da CVU.

CONCORRÊNCIA

No Vestibular de Inverno deste ano, a concorrência está cerca de 11% menor do que nos dois últimos de 2016 e 2017. Os cinco cursos mais concorridos são os mesmos dos anos anteriores: Medicina (336,9), Odontologia (39,4), Arquitetura e Urbanismo (29,6), Direito (32,4) e Medicina Veterinária (25,2).

No campus de Cianorte, a maior concorrência é para os candidatos cotistas de Pedagogia, com 6,0; em seguida estão Ciências Contábeis (4,8); Moda, pelo sistema de cotas (3,7) e Design (3,3).