Cotidiano

Vai viajar e não tem com quem deixar o cãozinho? Hospede-o

Hospedagem para cães é ótima opção para quem pretende viajar e não pode levar o pet
["Em Cianorte, apenas uma cl\u00ednica veterin\u00e1ria oferece o servi\u00e7o "] (Foto: Weslle Montanher)

As férias se aproximam e uma das maiores preocupações para quem pretende viajar é sempre a pergunta: com quem deixar o cãozinho? Em Cianorte, uma clínica veterinária oferece, desde 2012, o serviço de hospedagem para cães. O serviço, que já comum em diversas cidades, ainda é pouco conhecido na cidade.

A hospedagem funciona da seguinte forma: o proprietário só precisa levar a ração qual o animal tem costume de comer, os pertences, como brinquedos e cama. O custo é de R$ 35/diária para qualquer porte de animal, e além de ter uma baia exclusiva, o cãozinho ainda tem uma área externa onde pode brincar, interagir com outros cães e ainda fazer as necessidades essenciais.

Implantada pelo médico veterinário Heverton Luis Fadoni, a hospedagem para cães é considerada ainda uma alternativa mais saudável para os pets. “Antes da hospedagem, o animal passa por uma vistoria. Não pode ter pulgas ou carrapatos, e precisa, necessariamente, estar com as vacinas em dia”, explica Fadoni.

O motivo das exigências, segundo o veterinário, é evitar o contágio e a transmissão de doenças de um animal para outro. “A hospedagem também não é recomendada para filhotes, principalmente porque estão no clico de vacinas. Se o animal for fêmea, não pode estar no cio, prenha ou ser lactante [recém criado]”, detalha.

Todas as recomendações, conforme Fadoni, são para garantir o bem-estar e a saúde do animal. “Outra vantagem da hospedagem é que cães agressivos geralmente ficam sempre isolados, justamente para evitar tumulto, ou briga entre os animais”, destaca.

Para o veterinário, independente do local, o proprietário precisa sempre levar em consideração as condições de estrutura oferecida, e as garantias do serviço. “Hospedar um animal exige cuidado, preparo e análise. Afinal, é preciso todo um aparato para que o cão não se sinta estressado com a mudança do ambiente, por isso sempre é importante o dono trazer os pertences do animal”, recomenda.

Outra dica importante é buscar referências do local onde se pretende hospedar o cão. “A hospedagem serve para trazer mais conforto para o animal e para o dono que vai viajar e não mais dores de cabeça”, completa.