Cidades

Unidade de Coleta chama doadores para reforçar os estoques de sangue

Local registra queda nas doações desde o início do mês e precisa preparar os estoques de fim de ano
O estoque de bolsas do tipo sanguíneo O– é um dos mais baixos (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

No mês em que se comemora o Dia Nacional do Doador de Sangue, a Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Cianorte registrou queda no movimento. Nos oito primeiros dias de novembro foram pouco mais de 70 bolsas de sangue coletadas. Para garantir as 400 mensais, a UCT precisa de, pelo menos, 20 doações diárias, mas o número não foi alcançado em nenhum dia deste mês.

Assim, a unidade pede que os doadores compareçam ao local e contribuam para o reforço dos estoques, que precisam estar preparados para o fim de ano, quando as transfusões aumentam. Um dos tipos sanguíneos que está em baixa é o O–, doador universal. Além de abastecer os hospitais locais, a unidade distribui bolsas de sangue para toda a região, por isso precisa manter a média de doações.

SERVIÇO

A UCT atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Para doar, é necessário chegar entre 7h30 e 10h30 ou até as 16 horas. Às sextas-feiras, as coletas terminam mais cedo, às 15 horas.

Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam estar acompanhados do responsável legal), pesar no mínimo 50 kg, estar descansado e alimentado (evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação) e apresentar documento oficial de identidade com foto.