Cotidiano

UEM abre vagas para tratamento de crianças e adolescentes com sobrepeso

["a Universidade Estadual de Maring\u00e1 (UEM), abrir\u00e1 inscri\u00e7\u00f5es para crian\u00e7as e adolescentes 10 a 17 anos, com sobrepeso ou obesidade"] (Foto: Divulgação UEM)

O Núcleo de Estudos Multiprofissional de Obesidade (Nemo), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), abrirá inscrições para crianças e adolescentes 10 a 17 anos, com sobrepeso ou obesidade, interessadas em participar do Programa Multiprofissional de Tratamento da Obesidade (PMTO). As inscrições serão aceitas de 20 a 24 de fevereiro e as atividades iniciam em 6 de março. O Programa é totalmente gratuito e as vagas limitadas. 

O Nemo é um grupo de pesquisa vinculado ao Departamento de Educação Física (DEF) e ao Hospital Universitário de Maringá (HUM), da UEM. Criado há 12 anos, o programa atendeu, até o ano passado, cerca de 550 adolescentes de 12 a 18 anos de idade. 

A cada semestre o projeto abre vagas para novos interessados e oferece informações sobre a estrutura básica empregada na intervenção. Nesta ocasião, pais e adolescentes têm a oportunidade de esclarecer suas dúvidas e de avaliar se a proposta do PMTO é compatível com seus interesses, disponibilidade e determinação. 

Após essa etapa, todos os adolescentes que se dispõe a participar passam por avaliações físicas e de hábitos relacionados ao excesso de peso, de modo que estes parâmetros sejam verificados durante a intervenção, favorecendo a mudança de comportamento. 

Segundo o coordenador, professor Nelson Nardo Junior, do Departamento de Educação Física da UEM, ao longo desses anos a estrutura do PMTO foi sendo reformulada, com intuito de promover as modificações necessárias para a perda de peso, melhora da aptidão física e qualidade de vida dos adolescentes. 

A intervenção passou a ter um período de permanência máxima de quatro semestres e mais recursos foram destinados para as atividades físicas, como minicama elástica, estação de musculação e exercitadores elásticos para o treinamento resistido. 

Outras novidades estão relacionadas às avaliações da composição corporal com equipamentos de densitometria óssea, bioimpedância e análise direta da taxa metabólica de repouso. 

NA PRÁTICA - Nos três encontros semanais as atividades são conduzidas por profissionais da área da saúde - médico, psicóloga, nutricionista e profissionais de educação física. 

As orientações nutricionais e psicológicas são feitas semanalmente, sendo o modelo cognitivo comportamental adotado como foco principal para estimular mudanças de comportamento que resultem na redução do sobrepeso e adoção de um estilo de vida saudável. Nos três encontros semanais há atividades físicas, orientadas e monitoradas, com duração aproximada de 60 minutos cada. O projeto conta com a participação de professores, profissionais e acadêmicos de diversas áreas. 

DATAS - As atividades deste ano retornam em 6 de março. Os interessados de 10 a 14 anos deverão ter disponibilidade às segundas, quartas e sextas-feiras, das 18 horas às 20h30. As atividades trabalhadas incluem uma hora de aula teórica de Educação Física, Psicologia e Nutrição, respectivamente, em cada dia, e uma hora de aula prática de natação três vezes na semana. 

Os participantes de 15 a 17 anos deverão ter disponibilidade às segundas, quartas e sextas-feiras, das 16h45 às 19 horas. As atividades trabalhadas são uma hora de aula teórica de Educação Física, Psicologia e Nutrição, respectivamente, em cada dia, e uma hora de atividades de quadra prática três vezes na semana. 

As inscrições serão aceitas de 20 a 24 de fevereiro. O Programa é totalmente gratuito e as vagas limitadas. Dúvidas podem ser esclarecidas no bloco M-05, sala 004, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, no câmpus universitário, telefone (44) 3011-5028, site www.nemouem.com.br ou facebook www.facebook.com/uemnemo