Cidades

Temporal deixa 800 pessoas desalojadas

Município foi o mais atingido da região; em Cianorte, ventos chegaram a 90 km/h
["Na Avenida S\u00e3o Paulo, uma das \u00e1rvores do canteiro central quase acertou em cheio um ve\u00edculo estacionado do outro lado da rua "] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Pelo menos 14 municípios do Paraná foram afetados por vendavais e granizos entre quarta (19) e quinta-feira (20), segundo levantamento da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. Na região Noroeste, a cidade mais atingida foi Tapejara, onde a chuva danificou 600 casas e deixou 800 desalojados. As aulas foram suspensas até segunda-feira (24) e o prefeito Rodrigo Pezão estuda a possibilidade de decretar estado de emergência ou calamidade pública.

Segundo o prefeito, cinco equipes de serviço municipal trabalharam durante toda a quinta-feira distribuindo lonas, desobstruindo vias e verificando a situação na zona rural e urbana. A coordenadora da Defesa Civil de Tapejara, Camila Jakymiu, informou que 14 pessoas estão desabrigadas e foram levadas para o Salão Paroquial da Igreja Matriz. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Cianorte também esteve no município vizinho para auxiliar nos trabalhos.

Em Cianorte, os ventos chegaram a 90 km/h entre as 7 e as 8 da manhã de ontem, segundo o Simepar. Pelo menos 15 árvores caíram e deixaram 200 unidades consumidoras sem energia. A Copel também registrou a queda de dois postes de energia. Na quarta-feira, choveu 79,4 mm e na quinta, 42,4 mm. O volume acumulado ultrapassou a média histórica do mês: 136 mm.

Segundo o gerente regional da Copel, Francisco Rodrigues dos Santos, até a tarde de ontem a energia já havia sido restabelecida em metade das unidades afetadas e a normalização completa estava prevista para as 23 horas ou para a manhã de hoje. Em toda a região, mais de 500 unidades foram afetadas com a falta de luz.

A assessoria da Prefeitura de Cianorte informou que não houve registros de casas destelhadas e desalojados. O Corpo de Bombeiros distribuiu lonas em alguns locais para evitar danos maiores.

Nas estradas, uma carreta tombou na PR-323, próximo ao Rio do Índio, em Tapejara, por volta das 8 horas de ontem. Não houve feridos e o tráfego ficou em meia pista. Na noite de quarta-feira, a rodovia PR-082, que liga Cianorte a São Tomé, foi interditada por algumas horas em razão da quantidade de árvores e galhos caídos.

PARANÁ

De acordo com a Defesa Civil, cerca de 1,4 mil pessoas foram afetadas pelos temporais em todo o estado. O órgão informou que está dando suporte e apoio aos municípios prejudicados, com força-tarefa para retirar as pessoas das áreas de risco, levantamento de informações e doação de lonas para reparo rápido das casas.