Cotidiano

Semana Cultural começa nesta quinta com exposições, música e teatro

Evento é gratuito e programação segue até sábado com atrações para todas as idades
["Pra\u00e7a Raposo Tavares \u00e9 decorada com guarda-chuvas para receber Semana Cultural"] (Foto: ASSESSORIA PMC)

A decoração com guarda-chuvas já está dando o ar da festa e chamando a atenção de quem passa pela Praça Raposo Tavares, no centro da cidade. Começa hoje, 25, a partir das 14h30, a 5ª Semana Cultural de Cianorte. O evento, realizado pela Prefeitura, por meio da Divisão de Cultura da Secretaria Municipal de Educação, é gratuito e aberto ao público. Para esta edição, a estrutura conta com mais área coberta e, no espaço reservado aos expositores, os visitantes poderão contemplar e adquirir o trabalho de floristas, escultores, escritores e artesãos, além de conferir as produções e usufruir dos serviços de universidades, escolas de idiomas e de outras instituições ligadas à educação e à saúde.

Já no palco, haverá diversas apresentações, como a de dança do Grupo Juventude Acumulada (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer); seguida pelo Festival de Fanfarras, com as bandas municipais de Cianorte, Cidade Gaúcha e Rondon; Rainha da Paz e Instituto Amafil. Às 19h30, será a vez do teatro “Contos do Mar”, da Cia Quatro Manos (RJ) em parceria com o SESI, encantar o público com o fantástico universo das fábulas, em um cenário inflável e com iluminação especial. Por fim, a partir das 20h30, os alunos das Escolas Municipais Castro Alves, Ovídio Luíz Franzoni e Dom João Bosco irão abrilhantar a ocasião.

A programação segue até sábado (27), com a área de exposições e atrações para todas as idades. “A Semana Cultural está sendo preparada com muito carinho para receber os cianortenses em um espaço alegre e de confraternização, que privilegia os talentos de nossa cidade e região, proporcionando visibilidade às suas produções, bem como promovendo o acesso da população às mais variadas manifestações de arte e cultura. Por isso, convidamos a todos para que compareçam à praça e prestigiem”, destaca a chefe da Divisão de Cultura, Silvana Camargo.