Cidades

Santander inicia atendimento em Cianorte

Município foi escolhido para ser o primeiro a ter uma agência voltada ao agronegócio no Paraná
["Hor\u00e1rio de atendimento do Santander \u00e9 de segunda a sexta-feira, das 10 \u00e0s 15 horas","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

O Banco Santander inaugurou nesta terça-feira (16), em Cianorte, a primeira agência com atendimento especializado para produtores rurais no Paraná. Em um projeto de interiorização e busca por regiões promissoras voltadas ao agronegócio, o banco escolheu o município para iniciar o novo modelo de atendimento no Sul do Brasil. Localizada na Avenida Santa Catarina, 152, a agência já está em funcionamento e espera atrair clientes de toda a região.

A inauguração contou com a presença da equipe local, diretores, superintendentes e empresários do agronegócio. Também estiveram presentes o secretário municipal de Indústria, Comércio, Vestuário, Serviços e Turismo, Wanderley Fernandes, representando o prefeito Claudemir Bongiorno, e a diretora da Associação Rainha da Paz, Irmã Benigna Nazari.

Para a superintendente executiva de Rede Paraná e Joinville do Santander Brasil, Marilize Ferrazza, a agência já tem possibilidade de ampliação e espera um bom retorno na cidade. “A unidade que inauguramos aqui em Cianorte é mais do que Agro, porque também vai atender pessoas físicas e jurídicas de todos os segmentos. Nosso foco é garantir um bom atendimento e para isso a equipe começa completa, com gerente geral, gerente de relacionamento pessoa física, gerente de relacionamento pessoa jurídica e gerente de relacionamento agro”, afirmou.

A superintendente também destacou a quantidade de empregos gerados com a instalação da agência. De início, são pelo menos 10, entre diretos e indiretos, e ainda há funcionários em processo de contratação.

O diretor de Agronegócios do Santander Brasil, Carlos Aguiar, explicou o modelo de atendimento da agência local. “Nosso plano é fazer com que o produtor se sinta acolhido no banco, por isso contamos com uma equipe especializada com gerentes exclusivos e agrônomos.”

Os espaços de atendimento fazem parte da expansão do banco em cidades de relevância no PIB agrícola nacional onde o Santander ainda não estava presente fisicamente. Até o final de 2018, serão 22 espaços de negócios totalmente voltados ao setor no país. No Paraná, Pato Branco receberá uma agência similar no início de 2018.

ATENDIMENTO AGRO

Desde 2016, o Santander vem reforçando a estrutura de atendimento ao setor. É o banco que mais cresce na concessão de crédito, com linhas especiais para o produtor rural. A carteira de crédito ampliada (que considera Recursos Obrigatórios e Livres, BNDES, Funcafé e os títulos CPR e CDCA) teve um aumento de 126% entre dezembro de 2015 e junho de 2018. Somente em 2017, quando o montante atingiu R$ 13,03 bilhões, o crescimento foi de 42% ante 2016, conforme dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O Santander, pela primeira vez, teve o maior volume de recursos entre os bancos públicos e privados para as linhas de crédito do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Para a safra 2018/19, o governo disponibilizou cerca de R$ 338,6 milhões – quase 7% do total - para que o Santander ofereça o crédito a produtores e processadores nacionais de café.

O Banco também possui, em parceria com a Bunge e a The Nature Conservancy (TNC), uma linha de financiamento de US$ 50 milhões para promover a expansão do plantio de soja em áreas sem desmatamento ou conversão da vegetação nativa. (Com Assessoria)