Cidades

Revitalização do calçadão de Rondon deve começar em janeiro

Município prepara processo licitatório; obra deve custar cerca de R$ 230 mil
Imagem virtual do calçadão revitalizado de Rondon: R$ 239 mil em obras (Foto: ASSESSORIA RONDON)

O prefeito de Rondon Ailton Valloto visitou esta semana a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Paraná (Sedu), em Curitiba. O prefeito foi autorizado a iniciar o processo licitatório para as obras de revitalização do calçadão de Rondon.  

A expectativa, segundo o governo estadual, é que o processo seja aberto já nos próximos dias. Já as obras devem ser iniciadas ainda em janeiro de 2019, com previsão de conclusão para 120 dias. O investimento é de R$ 239 mil oriundos do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM). A indicação dos recursos foi feita pelo deputado estadual Jonas Guimarães. A contrapartida do município será de pouco mais de R$ 11 mil.

Para o prefeito Ailton Valloto, com a revitalização será possível aumentar a área livre do calçadão, dando mais espaço para que os veículos circulem e estacionem, fomentando a venda nos comércios locais, já que o local não possui estacionamento adequado e seguro. “E o principal e mais importante para a cidade: cria um aspecto urbanístico mais agradável, “cartão postal”, utilizando o espaço para lazer (como caminhar e conversar), onde as famílias possam realizar suas compras e aproveitar os finais de semanas, concluiu.”, justificou o prefeito.

AS OBRAS

Conforme o detalhamento do projeto, o calçadão terá uma área de urbanização de 2.203,50m2, locado na Rua Grécia entre a Rua Paris e a Avenida Brasil, exatamente porque concentra o maior fluxo de pedestres.

O local será transformado em um calçadão totalmente moderno e revitalizado, com retirada das pedras portuguesas, abertura de vias com faixa elevada, calçamento em paver com acessibilidade. Serão instalados mobiliários urbanos (bancos, lixeiras, áreas de convivência – pergolados e iluminação de led), além de área destinada para estacionamento de carros com vagas para idosos e deficientes, e também a jardinagem.