Cotidiano

Quase duas mil pessoas participam da 2ª Caminhada Internacional na Natureza

Resultado posiciona a Rota da Pedreira, em Cianorte, como o segundo maior circuito do estado
Caminhada Internacional na Natureza percorreu 11 quilômetros da Rota da Pedreira (Foto: ANDERSON THEODORO)

O tempo fechado e a chuva que caia na manhã de domingo, 30, em Cianorte, não foram motivo de desânimo para os inscritos na Caminhada Internacional na Natureza. Prova disso é que quase duas mil pessoas, de Cianorte e de outras cidades, saíram de suas casas e se dirigiram ao distrito de Vidigal para percorrer os mais de 11 quilômetros da Rota da Pedreira. A recompensa pelo esforço veio quase que imediatamente. Dos primeiros até os últimos quilômetros do percurso, por estradas rurais e trilhas em meio à mata, os inscritos conferiram atrativos naturais e pontos turísticos.

A expedição passou por cachoeira, pedreira, capelinha, pesqueiro, plantações e outros locais; e ainda contou com esquibunda. “Foi intenso e valeu muito a pena”, relata a caminhante Vitória Zuccoli, que foi ao evento pela primeira vez a convite do namorado, que havia participado no ano anterior. “Não esperava nada disso. Voltei muito suja, com o rosto cheio de barro e ensopada da chuva, mas foi bom para lavar a alma. Em momento algum passou pela minha cabeça que seria tão incrível. Estou aguardando ansiosamente pela próxima edição”, completou.

“Todos conseguiram aproveitar, desde as crianças até os idosos. Para as famílias e os grupos de amigos, foi um momento singular para compartilhar alegrias em um ambiente agradável. Todos cruzaram a linha de chegada muito satisfeitos”, relata a coordenadora de Turismo, Angela Carvalho. Cada caminhante realizou o percurso de acordo com a suas aptidões físicas, aproveitando para recuperar as energias nos pontos de hidratação distribuídos pelo caminho, que disponibilizaram água e cuidados com a saúde. O tempo médio de conclusão do percurso foi de quatro horas.

“Sem dúvidas, essa é uma promoção que continuaremos a realizar no nosso município, não apenas pela diversão que proporciona à nossa gente, mas também, pelos visitantes que atrai, caracterizando nossa cidade, cada vez mais, como um polo turístico”, salienta o secretário de Indústria, Comércio, Vestuário, Serviços e Turismo, Wanderley Fernandes.

O número de inscritos, associado à estrutura disponibilizada, garantiu ao evento, que é credenciado pela Confederação Brasileira de Esportes Populares, Caminhadas na Natureza e Inclusão Social, a ANDA Brasil, o título de 2ª maior do Paraná, atrás apenas do Circuito do Taquaral de São José dos Pinhais; e o de 5ª maior do Brasil. “E essa é apenas a segunda vez que o promovemos por aqui. Tenho certeza que, com a ampla visibilidade que esta edição vai proporcionar, podemos esperar um público ainda maior para as próximas edições”, comentou o gerente regional da Emater, Roberto Corredato.

“A realização desta expedição é motivo de muito orgulho para toda a administração municipal que, com o apoio de muitos parceiros, se empenhou grandemente na execução”, agradeceu o prefeito Bongiorno. “Nesta manhã, em que os visitantes e os munícipes puderam conhecer um pouco melhor o nosso belíssimo distrito, foi demonstrada toda a nossa capacidade turística e suas possibilidades de exploração econômica”, completou.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio, Vestuário, Serviços e Turismo, esteve à frente da realização da Caminhada juntamente com a Aflotur (Associação dos Produtores de Flores e Turismo Rural), Emater, proprietários rurais, agricultores familiares e artesãos. Também contou com o apoio da Avenorte, Bio Access, Bio Talk, Ciclopasseio Coruja, Clube de Fotografia de Cianorte, Corpo de Bombeiros, Escola Dança Marujo, Facec, Farmácias Nissei, Polícia Militar, Rainha da Paz, Retur, Secretaria Municipal de Saúde, Supermercados Planalto, Tiro de Guerra, Tribuna de Cianorte, UEM e Unipar.

OUTRAS AÇÕES

O evento teve início logo pela manhã, na quadra coberta do distrito, com o credenciamento dos inscritos e aulão de alongamento, realizado pelo professor Valter, da Escola Dança Marujo. Para aqueles que optaram, foi servido café da manhã e almoço, com pratos tradicionais do campo, pelos voluntários da Associação Promocional e Assistencial Rainha da Paz. Artesãos e produtores da agroindústria também estiveram no local, expondo e comercializando os seus produtos. Todo o lucro arrecadado pelas entidades e associações foram revertidos integralmente às suas ações.   

O evento também foi acompanhado pela vereadora Márcia Pereira; pelos secretários municipais de Administração e de Agricultura, Eliab Vieira e Georges Robert Charron Junior; pelo administrador do distrito, Vanderci Volpato; pelo gerente regional da EMATER de Campo Mourão, Jairo Quadros; pelo presidente e vice da AFLOTUR, Maurício de Souza e Solemar Martinez; e demais autoridades.