Educação

Prova adiada do Enem ocorre no mesmo dia da segunda fase da UEL

A segunda fase do Vestibular 2017 da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, vai coincidir com as novas datas de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), previstas para 3 e 4 de dezembro. A segunda etapa do processo seletivo da universidade está marcada para os dias 4, 5 e 6 de dezembro.

Por conta das ocupações de escolas estaduais, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que 191.494 dos 8,7 milhões de inscritos no Enem não poderão fazer a avaliação nos dias 5 e 6 de novembro. No Paraná, 41.168 alunos são atingidos pela decisão.

De acordo com a Coordenadora de Processos Seletivos (Cops) da UEL Cristiane Medina, por enquanto, o calendário de provas da segunda fase está mantido. A instituição só tomará uma decisão sobre a possibilidade de adiamento desta etapa após a decisão da Justiça Federal sobre a suspensão ou não do Exame Nacional.

"Nós precisamos dessa posição para podermos pensar se vamos adiar as provas ou não. Por enquanto, o calendário do vestibular não será alterado, as provas continuam previstas para 4, 5 e 6 de dezembro", pontua a coordenadora.

Conforme a UEL, esta edição do processo seletivo teve 22.943 candidatos inscritos, sendo que 15.492 são do Paraná - 8.153 moradores de Londrina. São Paulo foi o segundo estado com mais candidatos inscritos, no total foram 6.452. Em torno de 8.500 candidatos devem ser selecionados para a segunda fase do processo seletivo.

A universidade ainda disponibiliza 600 vagas para o Sistema Único de Seleção Unificada (Sisu). Esses estudantes serão selecionados após a divulgação do resultado do Enem. “Como é uma lista a parte, a data de divulgação dos resultados do Enem não causa impacto no nosso processo seletivo”, diz Cristiane Medina.

O resultado da primeira fase do Vestibular de Verão 2017 da UEL está previsto para ser divulgado no dia 10 de novembro. (G1)