Cidades

Projeto realiza empréstimo de perucas a mulheres em tratamento de câncer

Fios doados anonimamente fazem a diferença na vida de mulheres e crianças com perda dos cabelos
As integrantes da Associação recebem as mechas de cabelo e as enviam para Mandaguari, onde as perucas são confeccionadas artesanalmente (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

O projeto “Sempre Bela - Felicidade por um fio” existe desde 2014 em Cianorte com um nobre objetivo: levantar a autoestima de mulheres em tratamento de câncer que perdem seus cabelos. Coordenado pela Associação de Senhoras de Rotarianos (ASR), o projeto recebe doações de cabelo de salões de beleza locais e da região, entidades e também particulares para a confecção de perucas.

De acordo com a presidente da gestão 2017/2018, Ana Lúcia Gonçalves Capellari, a iniciativa é inspirada na ASR de Jandaia do Sul, que realiza um projeto semelhante e já ajudou centenas de mulheres. “O trabalho de confecção das perucas é feito artesanalmente em Mandaguari e nós arcamos com os custos da produção”, explica.

Segundo ela, o “Sempre Bela” se espalhou rapidamente por Cianorte e região e recebe muitas doações de cabelo mensalmente, mas falta dinheiro para as perucas. “Nossa principal necessidade hoje é de ajuda financeira para arcar com os custos da produção e fazer com que tantas doações se revertam em perucas para nossas mulheres.”

O projeto confecciona perucas para adultos e crianças e realiza um cadastro das receptoras, para garantir que as perucas sejam devolvidas após o tratamento. “Nós acreditamos que o câncer é uma doença transitória, então nosso objetivo é que as mulheres em tratamento usem as perucas e depois nos devolvam para que sejam reutilizadas por quem precisa”, disse.

Atualmente, o projeto tem 53 perucas emprestadas, 18 já devolvidas e quatro doadas em definitivo, para mulheres que têm calvície irreversível. Desde o início, mais de 80 perucas já foram confeccionadas e emprestadas e rodaram o Brasil e até foram parar em países vizinhos, como o Paraguai.

Elza Tonelo, integrante da Associação e pioneira do projeto, armaneza as mechas de cabelo e as perucas em sua casa e explica como fazer parte desta corrente do bem: “O ideal é que a mecha de cabelo doada tenha mais de 20 centímetros, mas nós recebemos de todos os comprimentos. Para doar cabelo, basta procurar um de nossos salões conveniados ou levar a mecha no Provopar”. Lembrando que o corte de cabelo para doação não é gratuito.

Em Cianorte, os salões de beleza conveniados são: Salão da Berê, Elaine Castilho, Carla Urbano, Salão da Vilma e Márcia Carvalho. Esses locais também oferecem tratamento capilar e auxílio para as mulheres que emprestam as perucas do projeto.

OUTROS TRABALHOS

A Associação de Senhoras de Rotarianos (ASR) conta atualmente com 33 mulheres que realizam diversos trabalhos assistenciais com o Recanto dos Velhinhos de Cianorte e outras entidades. Elas se reúnem uma vez por mês para levantar as demandas locais e organizar as doações. Na próxima quinta-feira (7), durante a Festiva de Natal dos rotarianos, a ASR fará uma doação de almofadas em formato de coração à ONG Ensina-me a Viver. As peças são utilizadas pelas mulheres em debaixo do braço, como apoio após a cirurgia de retirada da mama, e ajuda a descansar o membro, garantindo mais conforto a paciente.

COMO AJUDAR

Para conhecer mais a respeito do projeto ou solicitar alguma doação, os telefones de contato são: (44) 99980-0769, ou (44) 3018-2431. Na internet também é possível acompanhar as ações do Sempre Bela pela página do Facebook “ASR de Cianorte”.