Cidades

Professora Ana Floripes é homenageada pelo Rotary

Profissional é reconhecida pelo trabalho que desenvolve com crianças especiais na comunidade escolar
Premiação é feita todos os anos para homenagear um cidadão cianortense que se destaca no trabalho junto à sociedade. (Foto: ARQUIVO )

A professora e coordenadora da equipe pedagógica do Núcleo Regional da Educação (NRE) de Cianorte, Ana Floripes Berbert Gentilin, recebeu o Troféu Velho Guerreiro em homenagem feita pelo Rotary Clube Cianorte-Furquim de Castro na noite de quarta-feira (17). A cerimônia aconteceu às 20h30 na Cada da Amizade de Cianorte.

De acordo com a governadora assistente do Rotary, Patricia Mitico Longhini, todos os anos, a entidade presta uma homenagem a um cidadão cianortense, que tenha se destacado por seu trabalho em uma das seguintes áreas: educação, meio ambiente, política, assistência social, comércio ou indústria.

“Eu acompanhei as ações da professora e percebi o quanto os alunos, professores, equipe pedagógica e demais funcionários estão alinhados e dispostos a realizar ações da chamada "Corrente do Bem". São atitudes positivas e reforçadoras de comportamentos assertivos que promovem a harmonia entre os alunos, e no final, gera resultados no desempenho escolar”, afirma Patrícia.

A premiação acontece através de indicação e votação entre os representantes do Rotary. “Nós indicamos uma pessoa que deve ser aprovada por unanimidade nos votos. Posteriormente foi feita a minha defesa oral porque fui eu que indiquei a professora. Na defesa, elenquei as principais realizações da Ana Floripes enquanto educadora e os resultados das ações propostas por ela junto à comunidade escolar”, explica Patrícia.

Ana Floripes é professora há mais de 32 anos e trabalha com a inclusão de crianças especiais na comunidade escolar. A professora também ajudou a desenvolver o projeto “Identidade x Preconceito: as relações interpessoais e o sucesso escolas” que tem a tentativa de acabar com o bullying e os preconceitos em sala de aula no Colégio Estadual Igléa Grollmann.

A professora agradeceu a homenagem e ao prêmio. “Sou grata ao Rotary, primeiramente por ser nosso parceiro na escola e depois pela indicação para receber o Troféu Velho Guerreiro. O troféu pertence a nossa comunidade escolar. No resultado do trabalho há muitas mãos e corações envolvidos, isso é resultado do trabalho de vários, porque ninguém faz nada sozinho. Sou privilegiada por conviver e contar com pessoas que não medem esforços para melhorar o nosso dia a dia”, agradeceu Ana Floripes.