Cidades

Procon de Cianorte orienta consumidores sobre prestação de serviços no verão

Antes da realização, cliente deve pesquisar preços e exigir especificações de pagamento e prazo de entrega
O Procon Cianorte está localizado na avenida Brasil, n° 213 e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17 horas

Com a chegada do verão, muitas pessoas precisam de serviços de manutenção e conserto de equipamentos comumente utilizados nesta época do ano, como ares condicionados, ventiladores, geladeiras e outros. Mas é importante estar atento aos direitos e deveres do consumidor antes de contratar um prestador de serviços. Na sede local do Procon-PR, órgão de defesa do consumidor, a modalidade está na lista das principais reclamações recebidas.

A atendente Tatiane Cazon e a chefe Aline Feroldi Motta conversaram com a nossa reportagem e passaram algumas dicas importantes para que o cliente não seja lesado na relação de consumo.

Antes de qualquer trabalho, é importante buscar referências sobre o prestador ou a empresa prestadora de serviços com amigos e familiares; além disso, a pesquisa de preços é um dos principais mecanismos para evitar cobranças indevidas. “É importante fazer três orçamentos com empresas diferentes antes de fechar o serviço e exigi-los por escrito, contendo discriminação de valor, prazo de garantia e forma de pagamento. O orçamento por escrito é um direito previsto no Código de Defesa do Consumidor”, orienta Tatiane. É importante lembrar que o prazo de validade de um orçamento é de 10 dias, depois deste período a empresa não é obrigada a manter o valor informado.

Outra atitude importante é a exigência de nota fiscal ou recibo que discrimine a relação de consumo, para prevenir transtornos posteriores.

Os consumidores devem ter conhecimento de que as empresas podem exigir uma entrada antes da realização do serviço, para garantir que o cliente vá buscar o produto; mas essa entrada não pode ser maior do que 50% do valor total cobrado. “O que não pode acontecer é o prestador exigir o pagamento de todo o serviço antes da execução. Casos assim já aconteceram aqui e o prestador sumiu totalmente e não foi mais encontrado, então os consumidores têm que ficar muito espertos com isso”, alertou Tatiane.

Depois do trabalho, o contratante precisa verificar se o serviço ficou bom e se cumpriu as especificações acordadas e pagar a quantia estipulada somente depois desta avaliação.

O consumidor também tem o direito de terceirizar a reexecução de serviços em alguns casos. Se o trabalho não ficou bom e o prestador não tem condições de refazê-lo, por exemplo, o serviço pode ser repassado a terceiros e os custos ficam a cargo do contratado. Segundo o Procon, é comum encontrar casos assim relacionados a consertos de motos ou carros, mas o cliente precisa saber que são situações específicas, em que o prestador realmente não pode refazer o serviço.

ATENDIMENTO PROCON

Caso o consumidor tenha problemas com empresas prestadoras pode procurar a unidade do Procon de Cianorte com a documentação necessária – recibo, nota, orçamento com o nome da empresa, endereço, CNPJ e contato. O órgão está localizado na avenida Brasil, n° 213 e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17h30.

OUTROS ALERTAS

O Procon-PR de Cianorte também está alertando os consumidores quanto às compras de material escolar, comuns no início do ano letivo. “Os pais precisam lembrar de pesquisar os preços em vários lugares antes de comprar e observar as diferenças de orçamento”, afirma a atendente Tatiane.

Outra prática que tem causado muito prejuízo a moradores de Cianorte é a venda de produtos a domicílio. Recentemente, o órgão recebeu alguns casos de consumidores que adquiriram massageadores, colchões, bíblias e outros produtos por valores extremamente acima dos de mercado. Por isso, é importante estar atento com este tipo de mercadoria e procurar se certificar sobre a empresa e também consultar preços antes de fechar negócio.