Política

Preparação de urnas termina sem a presença de eleitores

Nenhum eleitor foi ao Fórum Eleitoral para acompanhar a testagem das urnas eletrônicas
["Todos os votos foram computados corretamente nos aparelhos ","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Mesmo com o reforço na divulgação e a publicação do convite formal do juiz da Zona Eleitoral 88, Bruno Henrique Golon, os eleitores locais não se interessaram em acompanhar os processos de preparação e testagem das urnas eletrônicas. Os equipamentos que serão utilizados para a votação do segundo turno das eleições, no próximo domingo (28), passaram por geração de mídias, carga e lacração e auditoria, com a presença do juiz.

Os procedimentos nas 195 urnas foram concluídos na tarde de ontem (24), com a simulação de votação em duas urnas sorteadas aleatoriamente. O juiz eleitoral simulou votos nos dois candidatos à presidência e também brancos e nulos. Cerca de 10 votos foram computados em cada uma das urnas, que serão reiniciadas para o domingo. Nenhum dos equipamentos apresentou problemas.

As 77 urnas da Zona Eleitoral 149, que vão para a região, passaram pelas mesmas etapas durante a semana, com a presença da juíza Marília Mitie Yoshida. Nenhum eleitor de Cianorte nem dos municípios da região esteve no Fórum para acompanhar os processos. Também não houve a presença de representantes de partidos políticos.

Este ano, o reforço do convite à população foi uma recomendação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após a circulação de notícias falsas que questionaram a confiabilidade das urnas e a segurança e integridade do sistema eletrônico de votação.