Saúde

Porque você deve comer mais peixe, e não apenas na Páscoa

Divulgação

Nutricionistas recomendam comer

peixes duas vezes na semana

Com a chegada da Páscoa, o peixe passa a ocupar o lugar principal na mesa. Mas esse prato devia entrar de vez na dieta do brasileiro por causa de seus benefícios. O consumo de peixe é recomendado pelos nutricionistas por ser uma fonte de proteína de alto valor biológico além de ser rico em diversas vitaminas e minerais, como: sódio, potássio, magnésio, ferro, fósforo, iodo, flúor, selênio, manganês e cobalto, além de vitamina A e E. Além disso, os peixes possuem boas quantidades de vitamina D e cálcio, o que ajuda na prevenção da osteoporose, fortalecendo os ossos. O consumo de peixe auxilia ainda na formação da pele, unhas e cabelos.

"O ideal é comer peixe pelo menos duas vezes por semana, e seu modo de preparo também é importante. Opte por prepará-lo grelhado, ensopado ou cozido, e evite consumi-lo frito, pois desta forma ele irá perder boa parte de seus benefícios", afirma a nutricionista Gabriela Kapim.

O consumo de peixe contribui ainda para a memória e maior concentração em diversas atividades, além de prevenir doenças cardiovasculares.

"A carne de peixe é bastante saudável, pois apresenta gorduras boas como ácidos graxos poli-insaturados e pode proporcionar, além de uma boa quantidade de cálcio, fósforo e magnésio, outros elementos fundamentais à saúde óssea , como vitamina D e ômega 3", completa a nutricionista da Associação Brasileira de Avaliação óssea e Osteometabolismo (ABRASSO) Lígia A. Martini. (Fonte: Portal UOL)