Trânsito

Populares dizem “sim” ao carro na garagem

Deixar o carro na garagem e locomover-se por modos alternativos. Hoje, 22, no Dia Mundial Sem Carro a Tribuna de Cianorte foi às ruas para saber se a população está disposta à participar dessa campanha. Nenhum dos entrevistados sabia da data, mas todos parecem dispostos a colaborar com a saúde individual e do Planeta.

Vicente de Paula – Carteiro: “Eu e minha filha usamos bicicleta. Já deixo o carro de lado para trabalhar porque é difícil estacionar e porque aproveito para fazer exercício. No domingo só uso o carro se for para viajar, o restante dos deslocamentos faço a pé”.

 

Airton Amorim – Pedreiro: “O Dia Mundial Sem Carro devia ser durante a semana. Eu acho importante, todo brasileiro deveria contribuir. Se for para melhorar a situação estou disposto a contribuir sim. Vou deixar o carro na garagem”.

 

Silvia da Silva Peixe – Coordenadora Setorial da Unipar: “Eu acho uma ótima ideia. Com certeza eu deixaria de usar. Muitas vezes já evito usar o carro.”

 

Maria do Carmo Tavares Padovan – Professora de Biologia: “Estou disposta a participar  porque além de ajudar a evitar a poluição do ar, com o monóxido de carbono, estou colaborando com minha saúde”.

 

Vera Lúcia de Souza – Professora de Ciências: “Com certeza. É uma ação que melhora nossa qualidade de vida e o meio ambiente”.