Polícia

Polícia Civil instaura inquérito para apurar acidente que matou motociclista na PR-323

Motorista que atingiu a motocicleta conduzida por Noel Fernandes de Lima fugiu do local sem prestar socorro à vítima
Noel Fernandes de Lima, 42, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar as causas do acidente ocorrido na madrugada de sábado, 26, que matou Noel Fernandes de Lima, 42, morador de Cianorte. A tragédia ocorreu por volta das 2h30, na PR-323, próximo ao trevo que dá acesso ao município de Jussara. Lima trafegava com sua motocicleta com sentido à Cianorte, quando um veículo atingiu violentamente a traseira da moto. O motorista fugiu do local sem prestar socorro à vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

De acordo com o delegado-adjunto da 21ª Subdivisão Policial de Cianorte, Carlos Gabriel Stecca, o advogado do motorista envolvido no acidente entrou em contato com a delegacia no fim de semana e informou que seu cliente irá se apresentar à polícia nesta segunda-feira, 28.

A polícia está investigando o caso e vai ouvir testemunhas com o objetivo de esclarecer o que teria ocorrido no local. O motorista poderá ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, podendo pegar até seis anos de prisão.

“Instauramos um inquérito para apurar o crime de homicídio culposo, pelo fato do condutor ter fugido do local do acidente sem prestar socorro à vítima. Em princípio, considerando as penas máximas dessas circunstâncias, ele pode pegar uma até seis anos de prisão. No inquérito vamos pedir perícias e ouvir eventuais testemunhas. Enfim, realizar as diligências para tentar esclarecer todas as circunstâncias de como os fatos se deram”, explica Stecca.

16ª MORTE

Com a tragédia ocorrida na madrugada de sábado, o número de mortes nas estradas da região já chega 16 neste ano. O número corresponde as ocorrências registradas nos 220 quilômetros de rodovias que cortam a área de abrangência do posto local da Polícia Rodoviária Estadual. No consolidado de 2018, ocorreram 20 óbitos.