Cidades

Pioneiro é homenageado pelos 40 anos da primeira confecção da cidade

O empresário Chebli Nabhan trouxe o segmento para Cianorte e já empregou mais de 40 mil pessoas
Emocionado, o vice-prefeito Beto Nabhan lembrou a infância da fábrica do tio e o aprendizado no setor do vestuário (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

A tarde desta terça-feira (13) foi completamente diferente para os funcionários do Grupo PL e familiares de Chebli Mitre Abou Nabhan. Isso porque o fundador da primeira indústria do segmento na cidade foi homenageado pela prefeitura no aniversário de 40 anos da atividade que transformou Cianorte na Capital do Vestuário.

A solenidade foi realizada no Parque Mandhuí, em frente à Trilha dos Sentidos, onde os funcionários da PL plantaram 40 mudas de ipê branco. Na ocasião, Nabhan recebeu uma placa comemorativa das mãos de seu sobrinho, o vice-prefeito Beto Nabhan, e do prefeito Bongiorno.

Após a crise da indústria cafeeira, nos anos 70, o libanês Chebli Nabhan visualizou o potencial da confecção, estudou exemplos de outras regiões do país e fundou a Cheina (hoje PL), primeira indústria de vestuário de Cianorte, que começou a produzir jeans para todo o Brasil. A empresa também estimulou a criação de lavanderias e shoppings atacadistas, consolidando a cidade como Capital do Vestuário, atualmente com mais de 400 estabelecimentos do setor.

Secretários municipais, os vereadores Dadá e Silvio do Pátio, representantes do Núcleo Regional de Educação de Cianorte e do Provopar e o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (Acic), João Carlos Testa, também prestigiaram o evento.

O homenageado Chebli Nabhan e sua esposa Cássia Nabhan agradeceram a todos os presentes, em especial à equipe de funcionários do Grupo PL. “Eu sempre digo que o que temos para fazer nessa vida é ensinar nosso semelhante, é fazer acontecer empregos e profissões. E isso é o que temos feito há 40 anos com mais de 40 mil pessoas que já passaram pela nossa empresa”, disse o pioneiro.