Saúde

Paraná registra queda nos casos de gripe

O boletim da gripe divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, ontem (19), mostra que os casos da doença vêm caindo gradativamente nas últimas sete semanas. O auge das ocorrências no Estado foi registrado na semana de 30 de junho a 6 de julho. A partir dessa data, os números apresentam uma tendência de queda em todas as regiões.

De janeiro até esta segunda-feira já foram confirmados 1.315 casos de gripe no Paraná, sendo que a maior parte foi causada pelos vírus Influenza B (583) e Influenza A H1N1 (554). Somente na última semana foram 35 casos novos da doença contra 71 de sete semanas atrás. Até agora já foram confirmadas 53 mortes pela doença neste ano.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, a queda é reflexo da sazonalidade do vírus, ou seja, há períodos onde a circulação do Influenza é mais acentuada. “Apesar de o vírus da gripe circular durante todo o ano, é comum que aumente o número de casos no inverno. Isso se deve, principalmente, aos ambientes fechados e ao grau de suscetibilidade das pessoas”, destaca.

Um dos motivos que também influenciaram nesta redução é a adoção de hábitos saudáveis que previnem a gripe. “Divulgamos o boletim da gripe semanalmente para mostrar que ela é uma doença séria e que pode matar. Isto serve de alerta para que as pessoas se lembrem das medidas de prevenção durante o dia-a-dia”, explica. No ano passado, o auge de notificações da gripe foi durante a semana entre os dias 24 a 30 de junho. Assim como neste ano, o número de casos também começou a cair a partir de meados de agosto.

O último óbito por gripe foi registrado no município da Lapa, região de Metropolitana de Curitiba. O paciente tinha quatro meses de idade e morreu no dia 11 de agosto.