Polícia

Para fugir do estupro do pai, criança pula do 1º andar de residência

A menina de 10 anos contou à polícia que o pai tapou a sua boca e tentou estuprá-la
(Foto: ILUSTRATIVA/PIXABAY)

Uma criança de 10 anos pulou do 1º andar de uma residência para não ser estuprada pelo próprio pai. A situação ocorreu no Bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, na manhã do último domingo (8). 

Pai que tentou estuprar a filha se separou há pouco tempo

Segundo informações, os pais da criança estão separados e ele passava o fim de semana com o pai quando tudo aconteceu. Vizinhos informaram que o casal se mudou há cerca de um mês para a casa, mas na última semana teria rompido e a mulher foi embora com a filha. 

A Secretaria de Segurança do Ceará informou, em nota, que o suspeito de 34 anos possui antecedentes criminais por violência doméstica, roubo e furto.

Menina rasteja até a casa do vizinho

Conforme a própria criança contou à polícia, ela estava com o pai no andar superior da casa e o homem tapou a sua boca e tentou estuprá-la. Apavorada, então, ela conseguiu se desvencilhar e acabou pulando. 

Depois da queda, ela precisou rastejar até a casa de vizinhos para pedir socorro. No local, ela teria dito “pelo amor de Deus, me ajuda, papai quer me estuprar“. O vizinho que ajudou a menina, também impediu que o pai dela entrasse em sua casa, minutos depois, quando ele foi até lá e tentou convencê-la a ir embora com ele. 

A vítima foi encaminhada ao hospital e socorrida enquanto seu pai fugiu do local.

A Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (DCECA) investiga o caso e apura se foi a primeira fez que o pai tentou abusar sexualmente da filha.