Polícia

Número de roubos caiu 38% em Cianorte em 2017

PM local divulga resultado das atividades do ano passado com queda nas ocorrências
Operações realizadas em 2017 pela 5ª CIPM contribuíram para o aumento de prisões e apreensões (Foto: DIVULGAÇÃO PM PR)

A 5ª Companhia Independente de Polícia Militar fechou o balanço das ações e ocorrências de 2017 e divulgou os números contabilizados destacando os trabalhos de prevenção. Durante todo o ano passado, foram registrados 763 furtos e 212 roubos, que representam uma queda de 3% e 38%, respectivamente, em relação a 2016.

O subcomandante da 5ª CIPM, Capitão Cláudio Longo da Silva, explica que a diminuição do número de roubos foi significativa. “Apesar do furto ser o crime mais ‘comum’ pela facilidade, o roubo é o que causa mais trauma, porque envolve violência, então é importante destacarmos a queda neste tipo de ocorrência”, disse.

Segundo ele, o aumento no número de prisões por tráfico de drogas e na apreensão de armas está diretamente ligado à diminuição dos roubos e mostra que o trabalho da polícia local está sendo efetivo. Em 2017, 61 armas foram apreendidas pelos policiais, 52% a mais do que no ano anterior. Além disso, o número de pessoas presas por envolvimento com drogas subiu de 119 para 241, representando um aumento de 102%.

“As apreensões de armas e drogas representam ações de prevenção muito importantes, porque sabemos que uma arma a menos na mão de bandidos pode evitar dezenas de crimes e até mortes”, afirmou.  

Sobre os assassinatos ocorridos na cidade, foram oito em 2017 – sete homicídios e um latrocínio – e nove em 2016. Segundo o Capitão, a queda também é importante. “É difícil controlar este tipo de ocorrência porque a motivação é muito diversa. Sabemos que oito vidas foram tiradas este ano, mas o número ainda está bem abaixo do que o registrado em outras cidades da região de mesmo porte ou até maiores.”

OPERAÇÕES

A PM local também destaca as operações realizadas no ano passado, em conjunto com equipes de outras cidades. Em julho, a “Operação 44 Integrada” reuniu mais de 115 agentes de Cianorte e região e terminou com 13 prisões, oito armas de fogo, duas carabinas de pressão, oito armas airsoft, um simulacro, cinco carregadores de airsoft, 332 munições intactas, 65 munições deflagradas e cinco munições picotadas apreendidas. Drogas e objetos de procedência duvidosa também foram encontrados com os criminosos.

Em novembro, equipes da 5ª CIPM contaram com o apoio de policiais dos destacamentos da região, além do Batalhão de Operações Aéreas, sediado em Londrina, para prender suspeitos de uma tentativa de assalto a uma agência bancária, no distrito de São Lourenço. Após um grande cerco policial e buscas pela equipe Canil, cinco pessoas foram presas e três armas apreendidas.