Polícia

Novo delegado assume 21ª SDP

Jonas do Amaral vem de São Mateus do Sul e pretende reduzir a criminalidade na região
["Jonas do Amaral assume a segunda subdivis\u00e3o de sua carreira."] (Foto: Jaqueline Andriolli / TRIBUNA)

A 21ª Subdivisão Policial de Cianorte já está sob novo comando. A partir desta semana, Marino de Oliveira dá lugar a Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, que assume a segunda subdivisão de sua carreira. A cerimônia de transmissão de posse do cargo foi realizada na manhã desta segunda-feira (4), na Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (Acic), e contou com a presença de autoridades da Polícia Civil, como o delegado geral, Silvio Rockembach, e o delegado chefe da Divisão Policial do Interior (DPI), Lanevilton Theodoro Moreira.

O novo delegado aproveitou a ocasião para falar sobre os principais objetivos à frente da 21ª SDP. “O Noroeste é uma região próspera, de grande poder econômico, o que acaba atraindo a criminalidade. E é nisso que a Polícia Civil deve focar no momento imediato. Verificar as demandas e analisa-las, planejar ações e buscar operacionalizar essas ações para o combate efetivo dessas práticas criminosas, visando reduzir os índices criminais. Somente assim os resultados vão aparecer, reforçando o setor de investigação num trabalho conjunto com todas as instituições e com a população”, afirmou.

É a primeira vez que Amaral vai trabalhar na região. Integrante da Polícia Civil desde 2004, o profissional já passou pelas delegacias de Pinhão, Coronel Vivida, União da Vitoria, Cornélio Procópio e Telêmaco Borba. Recentemente, comandava a 3ª Subdivisão de São Mateus do Sul.

Com a mudança, Marino de Oliveira iniciará o processo de aposentadoria. O delegado esteve à frente da 21ª SDP por quase um ano. “Agora, Cianorte e os municípios da região recebem um novo delegado. Uma pessoa honesta e trabalhadora, muito responsável com o trabalho desempenhado na Polícia Civil. Tenho orgulho de entregar a unidade nas mãos do delegado Jonas”, disse, durante discurso na cerimônia oficial. Ele ainda ficará a disposição do novo delegado por alguns dias, enquanto o delegado adjunto, Carlos Stecca, retorna de suas férias.

O prefeito Claudemir Bongiorno agradeceu a atuação de Marino de Oliveira à frente da subdivisão e destacou a parceria entre a Prefeitura Municipal e o setor de segurança pública. “Nos últimos seis anos, foram pelo menos 10 tentativas de fuga na cadeia de Cianorte e a prefeitura nunca mediu esforços para atender as demandas do local. Já colocamos 80 metros cúbicos de concreto lá dentro, para suprir as necessidades estruturais. Além disso, mantemos de seis a oito estagiários e uma servidora municipal trabalhando na unidade.”

O delegado geral da PC do Paraná, Silvio Rockembach, aproveitou a ocasião para informar que o projeto da nova delegacia está em fase de finalização e deve ser concluído até março de 2019. Depois, a execução da obra dependerá do orçamento estadual. O terreno para a construção da Delegacia Cidadã já foi disponibilizado pela Prefeitura, mas o projeto estava paralisado em razão de um questionamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR).

Também estiveram presentes no evento de transmissão de chefia da unidade o vice-prefeito de Cianorte, Beto Nabhan; o presidente da Câmara de Vereadores e representante do deputado Jonas Guimarães, Silvio Fernandes; os vereadores Santina Buzo, Marcia Pereira e Zezão; a juíza de Direito da Vara Criminal de Cianorte, Flávia Braga; o promotor de Justiça, Sérgio Roberto Martins; o subcomandante da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar de Cianorte, capitão Cláudio Roberto Longo; o comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) local, subtenente Antônio Sérgio Dinardi; a delegada da mulher, Lucy Atena de Aquino Santiago; o presidente da subseção de Cianorte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), André Brianese; o presidente da Acic, Hércio Correia e outras autoridades, secretários municipais e representantes de órgãos de segurança.