Educação

Nova estrutura da Facec fica pronta em janeiro

Centro universitário terá sete mil metros quadrados de área construída nas margens da PR-082
Nova estrutura da Facec terá sete mil metros quadrados, 30 salas de aula e 10 laboratórios (Foto: Divulgação)

A direção e os mantenedores da Faculdade de Administração e Ciências Econômicas (Facec) em Cianorte, projetam inaugurar o seu novo centro universitário já em 31 janeiro de 2020. A execução da obra está dentro do cronograma e a expectativa da faculdade é que o ano letivo comece nas novas instalações.

Projetado para ser uma obra inteligente, a nova estrutura da Facec tem sete mil metros quadrados de área construída que obedecem conceitos de acessibilidade e são plenamente ajustados para o consumo racional de energia e água. Além disso, a nova estrutura terá 30 salas de aula, 10 laboratórios, e um anfiteatro, divididos em três pavimentos.

Se das paredes para dentro o novo centro universitário oferece conforto e segurança, a parte externa destaca o visual aconchegante da área onde a estrutura foi erguida, o quê valoriza a paisagem rural do local. A obra também prevê um amplo estacionamento e áreas de convivência em seu entorno.

O diretor geral da Facec, o professor Mário dos Anjos Neto Filho, explica que a nova estrutura da Facec marca um novo ciclo na instituição de ensino superior. Junto com o novo centro universitário chegam também a expansão da oferta de cursos de graduação. A partir de 2020, os cursos de Agronomia, Fisioterapia, Psicologia e o curso de Gestão de Qualidade (EAD) devem se juntar aos cursos Administração, Análise de Dsenvolvimento de Sistemas, Ciências Contábeis, Engenharia Civil e Moda. A direção da faculdade aguarda apenas a autorização do Ministério da Educação para instalar os quatro novos cursos.  

Para o diretor, a Facec muda de patamar com as mudanças e a autorização para os novos cursos de graduação, pois além de aumentar o seu número de alunos, vai encorpar seus projetos de pesquisa e extensão, quase todos voltados diretamente para o desenvolvimento de ferramentas e programas destinados a projetar o crescimento urbano, tecnológico e social de Cianorte e suas cidades vizinhas.

“O nosso slogan ‘ir além da teoria’ denota muito bem o que a Facec pensa na condição de instituição de Cianorte. Aqui a gente coloca em prática as ideias de professores e alunos e tudo isso acaba se revertendo para cidade que ganha com nossos projetos de pesquisa e extensão”, detalha o diretor.

E não são apenas projetos internos. Mário dos Anjos Filho revela que a faculdade prioriza o que ele chama de “vivência de mercado” ao oferecer oportunidade para os graduandos possam ter contato direto com experiências mercadológicas que são sucesso em suas áreas. Visitas programadas a grandes empresas e conglomerados são uma constante dentro da Facec. “É o compromisso com a qualidade de ensino e uma proposta de formação voltada à prática de mercado”, explica.

A própria construção da nova sede está sendo aproveitada pelo curso de Engenharia Civil como experiência prática. Os estudantes estagiam na obra e acompanham par e passo detalhes, alterações e a execução do projeto.

BOLSAS

A Facec conta hoje com cerca de 600 alunos em seus cursos de graduação, a maioria se beneficiando de alguma forma do sistema de bolsas ou do programa de financiamento próprio da faculdade que permite que o graduando pague 40% da mensalidade durante o curso e os outros 60% depois da conclusão. “Nosso propósito é formar mão de obra qualificada, oferecer a Cianorte e à região profissionais em várias áreas bem preparados”, revela o diretor.

“A Facec é diferente porque tem como proposta aliar o ensino presencial de qualidade à um preço de mensalidade muito competitivo, o quê oferece condições para que muitos jovens possam ingressar num curso superior com a expectativa de sucesso na vida profissional”, diz.

CIANORTE COMO PÓLO

Para o presidente da instituição mantenedora da Facec, o empresário Marco Franzato diz que com a construção de seu novo campus-sede e da expansão da oferta de cursos de graduação, faz da faculdade uma importante ferramenta na consolidação de Cianorte na condição de polo não só de educação, mas também em outras áreas, principalmente na economia. “O novo campus da Facec é um projeto para ser concluído até 31 de janeiro de 2020. Tenho convicção de que Facec será para Cianorte e região uma referência em educação de ensino superior. Além dos cursos já existentes que são Engenharia Civil, Administração, Contábeis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Moda, para 2020 e 2021 estão previstas a autorização de mais três cursos, Agronomia, Psicologia e Fisioterapia, além do próprio credenciamento da Facec para o EAD”, esclarece.

“A Facec é uma instituição voltada para Cianorte e suas 10 cidades vizinhas. Formamos talentos em diversas áreas para que a cidade e a região cresça, deixando de ser apenas um polo no setor do vestuário, mas como em várias outros setores da atividade econômica”, completa Franzato.

O mantenedor da Facec, Marcos Franzato quer a faculdade como ferramenta de desenvolvimento de Cianorte e região. Foto: Divulgação