Cidades

Mutirão recolhe lixo da região do Aquiles Comar e São Lourenço

Ação segue durante toda a semana. Após a limpeza, morador que depositar resíduos nas vias públicas estará sujeito à multa e outras penalidades (Foto: ASSESSORIA PMC)

Teve início, na segunda-feira (9), a força-tarefa criada pelas secretarias de Serviços Municipais e Meio Ambiente para coletar e dar a destinação aos resíduos que possam servir de esconderijo aos escorpiões ou de criadouro ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. As primeiras localidades abrangidas são a região do Aquiles Comar, que engloba o Jardim Santa Felicidade, Morada do Sol e proximidades, e o distrito de São Lourenço.

Estão trabalhando na ação os brigadistas florestais, servidores públicos do Pátio e funcionários das empresas terceirizadas de limpeza e varrição. As equipes trabalham com o uso de caminhões, tratores e escavadeiras. Entre os resíduos coletados destacam-se madeiras em geral; restos de materiais de construção; móveis e eletrodomésticos em desuso; pneus e outros exemplares que possam acumular água; além de recicláveis.

Segundo um dos coordenadores da ação, o chefe da Divisão de Conservação de Estradas e Vias Urbanas, Galileu Rask, o recolhimento segue durante a semana. “Foi solicitado para que a população providenciasse a limpeza das residências, principalmente os quintais, e devido ao volume de entulhos, seguirá nas duas localidades até sexta-feira”, contou.

Já a secretária de Meio Ambiente em exercício, Cristiane Roco, lembrou que após o mutirão, o morador que depositar resíduos nas calçadas, canteiros e demais vias públicas estará sujeito à multa, conforme legislação municipal.