Cotidiano

Muito além da barba, cabelo e bigode

Barber Club resgata a velha escola de barbeiros e se torna um verdadeiro refúgio masculino em Cianorte
Barbeiros treinados na casa oferecem serviços que vão além do pacote barba, cabelo e bigode (Foto: TRIBUNA DE CIANORTE)

Sabe aquela história de mulher só cortar o cabelo no mesmo salão de beleza? Ao entrar no Barber Club o homem, normalmente avesso à fidelidade na hora de dar um tapa no visual, entende bem o que as mulheres pensam quando o assunto é vaidade.

O Espaço Homem Barber Club fideliza seus clientes pela proposta que oferece. Com decoração caprichada, música ambiente agradável e aquela cerveja bem gelada, o estabelecimento oferece muito mais que o velho pacote barba, cabelo e bigode. Além disso, o lugar coloca à disposição dos seus clientes serviços estéticos variados, além de espaços para entretenimento.

Quem entra na Barber Club faz uma viagem no tempo. A primeira imagem que chama a atenção é uma Honda S90 1975 disposta do lado de dentro de um cercado de madeira de dá acesso a pista de barbeiros. Apesar de ser apenas um objeto de decoração, não há quem não sinta vontade de dar uma volta naquela menina de 42 anos, mas com corpinho de 18.

Fora isso, outros objetos como quadros e pôsteres, aliados à decoração que remete às velhas barbearias londrinas das décadas de 1940 e 1950 dão ao local um ar vintage. Sem falar nos móveis e até nos uniformes dos cinco barbeiros – todos treinados na casa - que cuidam do visual de uma lista de 1,5 mil clientes.

O dono do estabelecimento, o barbeiro Alessandro Evangelista de Almeida revela que quando pensou em investir numa barbearia com tendência old school (velha escola), sua intenção era oferecer algo mais que apenas serviços estéticos. “Queria reforçar o conceito original de um ponto de encontro masculino. Pensava num lugar que fosse quase um clube para homens. Por isso o nome Barber Club”, revela o barbeiro empresário.  

Dezessete anos depois do primeiro curso e da experiência como dono de um salão tradicional, os planos de Alessandro de Almeida saíram do campo da ideia e se materializaram. A sua barbearia tem mesas de sinuca, fliperama, bar, estúdio de tatuagem, espaço para massagem, manicure, pedicure, depilação e até dia do noivo.

Mas não é só. Na Barber Club tudo é pensando em função dos clientes. Há até comodidade na hora de marcar um horário. Um aplicativo para celulares oferece ao interessado a possibilidade de escolher e agendar o serviço usando apenas a tela do telefone.

Tem mais. Quem pensa em conhecer o lugar nem precisa ir para cortar o cabelo o fazer a barba. O local também atende grupos de homens interessados apenas em bater um papo, tomar uma gelada e ouvir boa música. Na playlist da casa os ouvidos são bem tratados com sons que vão do rock ao blues.

Perfil dos clientes

Alessandro de Almeida conta que o perfil de seus clientes é bem variado. Tem de empresários a operários, de estudantes a aposentados, mas todos são vaidosos. A faixa etária varia de 4 a 60 anos.

No entanto, o empresário revela que boa parte dos seus clientes não vai ao Barber Club interessado só em caprichar na barba e no cabelo. “Há muita procura pelos produtos que eu vendo. São cosméticos específicos para o homem. Boa parte do meu faturamento vem dessa venda”. destaca. 

Preços

Quem pensa que pagar por toda essa novidade é muito caro, pode relaxar. A maioria dos preços é alinhada com o mercado. Serviços básicos de barba e cabelo variam entre R$ 22 e R$ 25 cada. Mas se seu bolso puder pagar por mais serviços, o indicado é a pigmentação de barba e cabelo, uma novidade para quem quer melhorar o visual e corrigir eventuais falhas da barba e do cabelo.