Cotidiano

Movimento deve subir até 30% nas estradas da região

Polícia Rodoviária vai intensificar fiscalização em quatro dias de operação especial nas rodovias paranaenses
["Na PR-323, alguns trechos em obras exigem aten\u00e7\u00e3o dobrada dos motoristas ","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

A Operação Proclamação da República começou na tarde de quarta-feira (14) e segue até domingo (18) nas estradas do Paraná. Equipes de Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Federal (PRF) vão intensificar a fiscalização durante o feriado prolongado, com o objetivo de evitar acidentes. As principais ações serão de controle da velocidade e combate à embriaguez, com o uso de radares e bafômetros. Em 2017, não houve operação especial, pois o feriado caiu na quarta-feira.

Na região de Cianorte, a PRE prevê um aumento de 30% no fluxo de veículos, principalmente na manhã desta quinta-feira (15) e na tarde de domingo. A polícia orienta os motoristas a dirigem com atenção, principalmente no trecho da PR-323 que está em obras. É importante diminuir a velocidade, não se esquecer de acender os faróis, não ultrapassar em local proibido, manter distância do veículo à frente, e evitar pegar estrada com chuva forte.

ESTRADAS FEDERAIS

A PRF iniciou a operação à zero hora de quarta-feira e também segue até domingo. O uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas, também estão entre os focos dos policiais rodoviários federais.

Em 2016, sete pessoas morreram nas rodovias federais do Paraná em cinco dias de operação. Outras 147 ficaram feridas. A PRF contabilizou 178 acidentes.

A polícia também orienta os usuários de rodovias a fazer uma revisão preventiva do veículo, mesmo em viagens curtas, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens. Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo. (Com informações O Diário)