Cidades

Mortes no trânsito chegam a sete em 2018

Duas pessoas morreram no fim de semana em acidentes dentro da cidade.
A passageira do veículo Fox morreu no hospital horas depois do acidente (Foto: NOTI-CIA.COM)

O número de vítimas de acidentes dentro do perímetro urbano de Cianorte em 2018 chegou a sete com as mortes do fim de semana. Ao todo, já foram 559 ocorrências este ano, sendo 369 com feridos. Em todo o ano passado, a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) contabilizou 697 acidentes, 434 com feridos. O número de óbitos chegou a 10.

No fim de semana, duas mulheres morreram no hospital após sofrerem ferimentos em colisões na Zona 2. O primeiro caso foi na noite de sábado (15), quando uma mulher de 41 anos trafegava pela Avenida São Paulo e perdeu o controle do veículo, chocando-se contra uma árvore do canteiro central.

Com o impacto, o lado do passageiro ficou totalmente destruído e a motorista foi arremessada contra a árvore. Segundo informações, ela não estava usando cinto de segurança. O veículo Corsa tinha placas de Curitiba e a vítima foi identificada apenas como Janaína. Ela foi atendida pela equipe do Samu e encaminhada ao Hospital Santa Casa de Cianorte com suspeita de traumatismo craniano. Em seguida, foi transferida para o Hospital Cemil de Umuarama, pois não havia vaga na UTI local. A vítima morreu na noite de domingo (16).

O segundo acidente grave ocorreu na manhã de domingo, por volta das 10 horas, no cruzamento das avenidas São Paulo e Edson de Lima Souto, próximo ao Colégio Estadual Cianorte. Um veículo Fox que trafegava pela Avenida São Paulo virou à esquerda para entrar na Avenida Edson de Lima Souto e não parou no canteiro. Uma caminhonete que vinha no sentido contrário na Avenida São Paulo passou pelo semáforo aberto e atingiu em cheio o lado da passageira do Fox, identificada como Idenir Thomaz Torres, de 68 anos.

Com o impacto, o carro rodou e parou a cinco metros do local da batida. A passageira chegou a ficar presa no veículo e foi retirada pelas equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu, que também prestaram atendimento médico e a encaminharam ao Hospital Santa Casa com suspeita de traumatismo craniano e fortes dores abdominais. A idosa, moradora de Cianorte, não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 15 horas, vítima de parada cardíaca. A família autorizou a doação das córneas.

O condutor do Fox e esposo de Idenir, de 73 anos, não teve ferimentos graves, mas também foi encaminhado ao hospital. O neto do casal, de 10 anos, que estava no banco de trás, teve apenas ferimentos leves. O condutor da caminhonete Amarok, de 29 anos, e um passageiro, de 10 anos, não se feriram. Uma passageira de 26 anos teve ferimentos leves. O veículo tinha placas de Guarapuava.

RODOVIA

Outros dois graves acidentes também foram registrados nas estradas da região no fim de semana. Na noite de sábado (15), três jovens motociclistas ficaram feridos na PR-479, entre Indianópolis e São Manoel do Paraná.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), uma Honda Biz trafegava pela rodovia em sentido a São Manoel do Paraná quando se chocou contra um veículo Parati que estava parado na pista. O impacto provocou a queda da condutora da moto, de 25 anos. Outra Honda Biz que vinha logo atrás colidiu com a moto que estava caída na rodovia e dois homens, de 19 e 29 anos, ficaram feridos. Os três veículos eram de Indianópolis. O motorista do carro não se feriu.

O Samu e ambulância do município foram acionados e conduziram os feridos até o Hospital Santa Casa de Cianorte. A PRE registrou a ocorrência e deve apurar as causas do acidente.

Na madrugada de domingo, outro motociclista ficou gravemente ferido na mesma rodovia. Segundo a PRE, a motocicleta CG 125 Titan com placas de Japurá trafegava de Indianópolis a São Manoel do Paraná, quando teria invadido a pista contrária, colidindo com um veículo Fox, de Indianópolis.

As equipes do Samu de Rondon e a ambulância do município de Indianópolis estiveram no local e prestaram os primeiros socorros à vítima, até a chegada da unidade avançada do Samu de Cianorte, que encaminhou o jovem de 30 anos à Santa Casa. Ele permanece internado e está fora de risco, conforme informou o hospital. (Com informações Noti-cia e G1)