Estado

Morre no hospital menino que teve braço arrancado por centrífuga de roupas

Mãe estava lavando roupa e saiu por uns minutos para ir ao banheiro quando a criança entrou na lavanderia
(Foto: REPRODUÇÃO REDES SOCIAIS)

Após quatro dias internado na UTI do Hospital do Trabalhador de Curitiba, morreu na madrugada desta sexta-feira (7) o menino Cristofer Lorenzo Padilha, de 3 anos, que teve o braço arrancado por uma centrífuga de roupas na tarde da última segunda-feira (3), no bairro Cajuru, em Curitiba. A criança teve falência múltiplas dos órgãos ocasionada pela gravidade do ferimento.

A mãe buscou ajuda na Unidade de Pronto-Atendimento do bairro no dia do acidente. Ela contou que estava lavando roupa em casa quando foi ao banheiro por alguns minutos. Foi então que Cristofer entrou na lavanderia e colocou o braço dentro da centrífuga, que fica a uma baixa altura do chão.

“Como a centrífuga é pequena, crianças acabam tendo um acesso facilitado. Nesse caso, acabou sendo uma vítima bem grave, já que o braço quase que por completo foi arrancado”, explicou o socorrista Élcio no dia do acidente.

Apesar do grave ferimento, a criança foi encaminhada com consciência ao pronto-socorro. No local, chegou-se a cogitar a possibilidade de reimplante do braço, mas não possível fazer o procedimento.

Ninguém da família se manifestou sobre o acidente.

(Portal Banda B)