Saúde

Mobilização contra dengue na zona 07

Mutirão vai fazer inspeção em quintais para conter avanço do Aedes aegypti

Para reforçar a prevenção e o combate ao mosquito transmissor da Dengue, o Aedes Aegypti, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizará neste sábado (13), uma grande mobilização. Mesmo com todos os esforços, Cianorte já registra 158 casos positivos. Participarão das atividades agentes de endemias e comunitários de saúde, que visitarão todas as residências compreendidas nos trechos entre a Avenida Acre e a Avenida América, e entre as avenidas Amazonas e Pará com a Avenida Allan Kardec, na Zona 07.

“O objetivo é fazer com que este número de casos não cresça ainda mais e, para tanto, pedimos a todos os moradores da localidade, para que atendam os servidores que estarão realizando a inspeção nos quintais. Aproveitamos a oportunidade também para lembrar que, não será realizada a retirada de lixos, apenas a fiscalização dos locais e serviços de orientação”, explicou a chefe da Divisão de Prevenção em Saúde, Heloisa Dantas. As visitas acontecerão das 08h às 14h.

PARANÁ

O Paraná chegou a 2.553 casos confirmados de dengue, conforme boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado na terça-feira (9). Na semana anterior, havia 2.023 casos da doença no relatório.

O boletim confirma a terceira morte por dengue do estado, em Cascavel, no oeste do Paraná, desde agosto de 2018, que tinha sido informada pela Secretaria de Saúde do município na sexta-feira (5).

A vítima é uma mulher, de 80 anos, que tinha hipertensão e diabetes. Ela contraiu a doença em Cascavel, segundo o boletim. As outras duas mortes ocorridas no estado foram em Londrina, no norte do Paraná.

De acordo com a Sesa, a incidência da dengue no estado é de 21,74 casos por 100 mil habitantes. O Ministério da Saúde classifica como baixa incidência quando o número de casos autóctones - contraídos no local onde a pessoa reside - é menor do que 100 por 100 mil habitantes.

Continuam em risco de epidemia 78 municípios e 117 estão em estado de alerta.

Conforme o boletim, o Paraná também registrou o segundo caso de zika vírus contraído na cidade onde a pessoa reside. Um homem, de 37 anos, de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, contraiu a forma leve da doença e passa bem, segundo a Sesa.

MUNICÍPIOS COM MAIOR INCIDÊNCIA

  • Japurá

  • Francisco Alves

  • Lupionópolis

  • Uraí

  • Santa Mariana

  • Itambé

  • Rancho Alegre

  • Leópolis

  • Abatiá

  • Cafeara

  • Moreira Sales

  • Santo Antônio do Paraíso.