Economia

Micro e pequenas empresas geraram 95% dos empregos do Paraná no último ano

(Foto: Ilustração/Pixabay)

As micro e pequenas empresas foram responsáveis por gerar aproximadamente 95% de todos os novos empregos formais em 2018, no Paraná. Ao todo, foram 38.814 mil novos postos de trabalho, sendo 25.695 mil somente no setor de serviço.

Em segundo lugar na geração de empregos está o comércio, com 7.2 mil vagas, seguido pela construção, com 4.439 mil novas colocações. As informações fazem parte de um levantamento do Sebrae, que analisou dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O material destaca também o aumento no último ano de 68% das novas contratações em relação a 2017, quando estas empresas registraram 23,144 mil novos trabalhos.

Também foram divulgados dados sobre as demissões formais dos trabalhadores, mostrando que, tradicionalmente, dezembro costuma registrar os maiores índices. O último mês de 2018 foi melhor do que o ano anterior, uma vez que em de 2017 foram desligados quase dois mil trabalhos formais a mais do que no último dezembro. Nas grandes empresas paranaenses a diferença foi de quase quatro mil postos, quando comparado ao mesmo período.

Ao analisar a região Sul, o saldo geral de empregos coloca o Paraná como o estado em que as micro e pequenas empresas mais contrataram, seguido de Santa Catarina com 31,284 mil novos postos e do Rio Grande do Sul, que gerou 19.943 mil empregos formais em 2018. Ao avaliar a participação nacional, o estado paranaense foi responsável por 6,7% do total registros formais de trabalhadores.

(Massa News - Informações Sebrae)