Saúde

Médicos se mobilizam hoje em defesa da saúde no BR

 Em Curitiba e em pelo menos outras 10 cidades paranaenses haverá manifestações, hoje (3), com engajamento de médicos e estudantes de Medicina ao movimento nacional “Vem pra rua pela saúde”. O protesto visa chamar a atenção para os equívocos que envolvem as políticas públicas do setor, em especial o subfinanciamento do SUS, e ainda a defesa da regulamentação do ato médico, da implantação de plano de carreira médica e da revalidação dos diplomas obtidos no exterior, contra a proposta do governo federal de “importar” profissionais sem a necessária comprovação de habilidades técnicas e domínio do idioma local.

Na Capital, a manifestação vai ocorrer na área central das 10 às 12h, com concentração na Boca Maldita e depois passeata pelo calçadão da Rua das Flores em direção à escadaria do prédio da Universidade Federal do Paraná, na Praça Santos Andrade, repetindo ato ocorrido em 25 de maio e envolveu mais de mil pessoas. As entidades médicas - Conselho de Medicina, Associação Médica e Sindicato dos Médicos – e as lideranças estudantis esperam que a mobilização seja ainda maior e conclamou os participantes a usarem jalecos ou roupas brancas   simbolizando a saúde e a finalidade pacífica   e a empunhar faixas e cartazes expondo os objetivos do protesto.