Cidades

Médica psiquiatra inicia atendimentos nos CAPS

Depois de 10 dias, Centros de Atenção Psicossocial voltam a ter profissional fixo para o setor
["Os pacientes do CAPSi v\u00e3o passar por um per\u00edodo de adapta\u00e7\u00e3o com a nova profissional","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

Os Centros de Atenção Psicossocial de Cianorte (CAPS I e CAPSi), que atendem adultos e crianças com transtornos mentais, estavam sem atendimento psiquiátrico fixo desde o dia 20 de junho. Nesta segunda-feira (4), uma profissional da área recém-contratada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde Centro Noroeste do Paraná (Ciscenop) retomou os atendimentos diários. Belisa Zimmermann Bognar já atuava com pacientes do CAPS em Campo Mourão.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Cianorte, o psiquiatra Raphael Mascarenhas deixou de atender nas unidades no dia 19 de junho e até a nova contratação os pacientes foram acompanhados por dois médicos psiquiatras das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A psicóloga e chefe da Divisão de Saúde Mental, Thaíse Bosseli Moreira Dantas, explica que os pacientes não ficaram sem assistência. “Os atendimentos emergenciais continuaram, principalmente no CAPS Adulto, onde a demanda por medicamentos é maior. No CAPSi, as crianças e os adolescentes também continuaram sendo assistidos pela equipe multidisciplinar.”

As duas unidades recebem de 400 a 500 pessoas por mês e oferecem acolhimento com psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, médicos psiquiatras, psicopedagogos e técnicos. Segundo Thaíse, a nova psiquiatra iniciou os atendimentos pelo CAPS I, onde a necessidade é maior e deve passar a atender as crianças e os adolescentes do CAPSi ainda nesta semana. A Assessoria informou que a médica vai atender as segundas, quartas e sextas no CAPS e as terças e quintas no CAPSi. Ela também prestará assistência ao Ambulatório de Psiquiatria.

ASSISTÊNCIA

O CAPSi atende crianças e adolescentes até 18 anos com transtornos mentais. A unidade fica Rua Ipiranga, n° 84 e atende pelo telefone 3629-1575. Os adultos são atendidos no CAPS I, com sede na Rua Tiradentes, n° 84 e telefone 3903-1184. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17h30.

Quem precisar de ajuda ou identificar um familiar, amigo, aluno ou conhecido com algum sintoma de depressão ou outro conflito interno pode entrar em contato com as equipes e buscar ajuda.