Cotidiano

Medalha da ONU será entregue hoje a policial de Cianorte que salvou casal

Cabo da Polícia Rodoviária Estadual será homenageado na Assembleia Legislativa de São Paulo
["Saulo Pina mostra outdoor da campanha Sou Grata em que ele \u00e9 o primeiro personagem "] (Foto: DIVULGAÇÃO)

O cabo da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) Saulo da Rocha Pina será homenageado hoje, 20, durante sessão da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo com a Medalha Cinquentenário das Forças de Paz do Brasil, entregue pela Associação Brasileira das Forças Internacionais da Organização das Nações Unidas (ABFIP-ONU). A entrega da medalha é mais uma homenagem que o policial recebe na sua carreira pelo salvamento de um casal vítima de acidente automobilístico em 2015.

Após o ato de bravura, Saulo Pina não só passou a receber inúmeras homenagens, como também se tornou conhecido em todo o país. Os vídeos do salvamento e do reencontro com uma das vítimas que salvou têm juntas quase 70 milhões de visualizações em pouco mais de dois anos. O policial também já foi homenageado na Assembleia Legislativa do Paraná e por entidades e instituições de várias cidades do Estado e até de outros estados.

Apesar da repercussão que seu ato heroico ganhou, e dos constantes convites para programas de TV e entrevistas a veículos de comunicação, Saulo da Rocha Pina permanece mantendo a rotina da sua vida. Só muito tempo depois do salvamento, o policial conseguiu a promoção a cabo da Polícia Militar por ato de bravura. Atualmente ele continua desempenhando suas funções na PRE. Apesar de viver em Cianorte, o policial hoje está lotado no Posto da Polícia Rodoviária Estadual em Peabiru.

O SALVAMENTO

Na época ainda soldado da PRE, Saulo Pina fazia o patrulhamento na rodovia PR-508 entre Matinhos e a BR-277 quando percebeu um veículo com as rodas para cima e dentro de um banhado. Instintivamente o policial se jogou na água e conseguiu salvar uma mulher que estava no banco do passageiro de uma picape Fiat Strada. Ele ainda voltou ao carro e conseguiu, com a ajuda de populares, retirar do veículo um homem de 54 anos que já estava aparentemente sem vida. Mesmo assim, o policial aplicou as técnicas de salvamento na Escola de Formação de Soldados da PM, e conseguiu resgatar os sinais vitais da vítima. Socorrido por um helicóptero, o homem passou cerca de 50 dias internado em um hospital de Curitiba e acabou sobrevivendo do acidente sem nenhuma sequela.

O ato de bravura de Saulo Pina deu origem a uma campanha da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) batizada de “Sou Grato” em que vítimas de situações de perigo agradeciam a ajuda de policiais em serviço.