Política

Mais de 54,8 mil estão aptos a votar no domingo

Eleitores devem estar atentos às orientações da Justiça Eleitoral para evitar confusão e demora
["Movimento nas ruas foi mais t\u00edmido nos \u00faltimos dias de campanha ","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

A grande novidade para os cianortenses nas eleições deste ano é o voto biométrico. Ao todo, 54.869 eleitores fizeram o cadastro e poderão votar neste domingo (8). Na região, 21,9 mil pessoas poderão escolher seus candidatos. A mudança exige atenção, já que alguns locais de votação e seções eleitorais foram alterados. Para verificar as informações, os eleitores podem acessar o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), consultar o aplicativo e-Título ou ligar no Cartório Eleitoral, que estará de plantão.

As seções estarão abertas para votação das 8 às 17 horas, período em que o eleitor deve comparecer levando um documento oficial com foto e o título de eleitor. Além do material de identificação, o votante pode levar uma cola com os números de seus candidatos.

Nestas eleições, a ordem de votação mudou. A primeira escolha será a de candidatos a deputado federal. Em seguida, deputado estadual. Depois, dois senadores, sendo que o eleitor não poderá votar duas vezes no mesmo candidato. Caso isso ocorra, o segundo voto será anulado.

O eleitor também pode optar por votar apenas no partido, o chamado voto de legenda. Para isso, deve digitar somente os dois números que identificam o partido. Antes da confirmação do voto, a urna apresentará a informação do respectivo partido e mensagem alertando ao eleitor que, se confirmado o voto, ele será computado para a legenda. Dessa forma, o eleitor ajuda o partido de sua preferência a conquistar mais vagas, sem escolher um candidato específico.

Em seguida, são os votos para governador e presidente da República. Ao final do processo, o eleitor terá escolhido seis candidatos e acionado as teclas da urna eletrônica 25 vezes. Se o eleitor anular ou votar em branco para algum dos cargos, ele poderá escolher representantes para os outros normalmente.

REGRAS

Dentro da cabine de votação, é proibido o uso de celulares, câmeras fotográficas, filmadoras e demais equipamentos eletrônicos. Para evitar a quebra do sigilo do voto, os aparelhos devem ser deixados com os mesários. Por outro lado, é permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido, coligação ou candidato, que pode ser revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, adesivos e camisetas.

Condutas irregulares podem ser denunciadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE). Em Cianorte, o endereço é Avenida Espírito Santo, 202. O telefone para contato é o (44) 3631-2071.

DÚVIDAS

No site do TSE – www.tse.jus.br – é possível conferir local de votação, seção, zona e endereço. A opção está na página principal, basta inserir o número do título de eleitor ou o nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Também é possível consultar candidaturas, programas de governo e prestações de contas periódicas dos candidatos.

Essas informações também podem ser consultadas no aplicativo e-Título, disponível para Android e IOS. Com ele, o eleitor que fez o recadastramento biométrico não precisa levar o título nem documento com foto.

Para solicitar informações ou tirar dúvidas por telefone, os eleitores das zonas eleitorais 88 e 149 podem ligar para o (44) 3629-2119. 

VOTO BRANCO x VOTO NULO

A diferença entre voto branco e nulo ainda é dúvida de muitos eleitores, que acabam escolhendo essas opções equivocadamente. De acordo com o Glossário Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos. O juiz da 88ª Zona Eleitoral, Bruno Henrique Golon, explica que “o voto em branco define um conformismo, ou seja, o eleitor considera que qualquer um que ganhar está bom”. Já o voto nulo representa desinteresse, ou seja, a intenção é não se importar com o resultado. Para votar nulo, o eleitor precisa digitar um número de candidato inexistente, como por exemplo, “00”, e depois a tecla “confirma”. (Com informações TSE)