Polícia

Mãe de atirador morre. Atirador é preso - ATUALIZADA

Armelinda Gimenes Natel estava internada desde a última quarta-feira (Foto: ARQUIVO TRIBUNA)

ATUALIZAÇÃO 

A PM de Cianorte prendeu na manhã deste sábado (15), o autor do crime que vitimou fatalmente o farmacêutico Anderson Anibal na última quarta-feira (12), e culminou na morte da mãe do acusado na última sexta (14).

Ele foi localizado após dois dias de buscas e um grande cerco policial montado nas imediações do Parque das Nações, local próximo a residência do suspeito, e onde foram localizados a moto e a arma utilizadas no crime.

Marcelo Gimenes Natel foi localizado por familiares, que acionaram a polícia imediatamente após avistá-lo, escondido na parte superior de um barracão localizado na propriedade de seu pai, portando uma arma branca (faca).

Com a chegada da polícia o suspeito - que segundo informações da PM estava não estava em estado de surto no momento da prisão - foi detido e levado para a Companhia da Policia Militar e posteriormente encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil.

MATÉRIA ORIGINAL

A mãe do suspeito que cometeu o homicídio registrado no Jardim Atlântico nesta semana morreu no hospital nesta sexta-feira (14). Armelinda Gimenes Natel, de 52 anos, estava internada desde a última quarta-feira, quando foi atingida na nuca por um tiro de raspão da espingarda do próprio filho. O estado de saúde de Armelinda era gravíssimo e ela permanecia em coma induzido até a noite desta quinta-feira. Por volta da meia noite desta sexta, foi aberto um protocolo de morte encefálica da paciente, sendo confirmado por volta das 11 horas da manhã. As informações foram confirmadas pelo Hospital Santa Casa de Cianorte.

Após atirar contra a mãe e sair de casa em possível surto psicótico, o suspeito também atirou e matou o farmacêutico Anderson Rodrigo Anibal, de 29 anos, na quarta-feira. O corpo da vítima foi enterrado nesta quinta.

EVOLUÇÃO DO CASO

Nesta sexta, policiais militares de Cianorte encontraram a motocicleta Honda CG 150 Titan, de cor vermelha, na qual o suspeito tinha fugido. A moto estava em um matagal próximo a residência do indivíduo. A polícia também encontrou a bolsa e o armamento utilizados pelo autor, uma espingarda da marca Rossi calibre Galge 24, municiada. Os objetos estavam em um barracão nos fundos do sítio em que ele reside.

Até o fechamento da edição desta final semana o suspeito não havia sido localizado, mas a PM continuava realizando as buscas.