Esportes

Leão empata em casa e encara protestos da torcida

Clube acumula cinco jogos sem vencer e fica mais longe da classificação
["Com poucos integrantes, Ira do Le\u00e3o protestou no Albino Turbay ","",""] (Foto: MÔNICA CHAGAS / TRIBUNA)

O Cianorte FC jogou a primeira partida em casa pela Série D do Brasileiro para menos de 400 torcedores. Sem vencer no campeonato e acumulando quatro derrotas, o time teve que encarar a pressão das arquibancadas. No domingo (29), os poucos membros da torcida organizada Ira do Leão que compareceram levaram faixas de protesto contra a gerência do clube e jogadores. A atividade dentro de campo não ajudou e a partida contra a Ferroviária terminou em 0 a 0.

O JOGO

O time local veio mais ofensivo com os reforços Thomas Anderson, Fernandinho e Rodrigo Alves (Pelezinho) à frente, mas deixou passar muitas chances de gol e desanimou depois de perder um pênalti aos 30 minutos do primeiro tempo. O estreante Fernandinho bateu no canto direito e o goleiro Gabriel Leite defendeu a cobrança.

No segundo tempo, o técnico Marcelo Caranhato colocou França no lugar de Thomas Anderson e Xavier passou a fazer o “falso 9” para criar mais jogadas, mas as chances esbarraram no goleiro adversário. A Ferroviária também chegou com perigo várias vezes, mas o goleiro João Gabriel garantiu que os visitantes não abrissem o placar. Edílson e Júlio Pacato também entraram ao longo da segunda etapa, mas não conseguiram ajudar a equipe a pontuar na competição.

CRISE

Jogadores, diretoria e comissão técnica foram duramente criticados fora de campo. Além das faixas, a torcida pediu a saída do gerente de futebol, Adir Kist, e do técnico Marcelo Caranhato mais de uma vez durante a partida. Ao final do jogo, o técnico falou sobre o mau momento.

“Nós necessitamos muito da vitória e aí a vontade de acertar é tão grande que acaba atrapalhando. Mas é o momento de passar pela turbulência. Depois é voo tranquilo, mas tem que saber passar por essa turbulência. Não faltou luta, não faltou garra, não faltou atitude dos jogadores dentro de campo, que foi o que eu pedi. Nós precisamos ser efetivos e converter as oportunidades em gols”, disse.

TABELA

Com a vitória do Tubarão sobre o Novo Hamburgo por 1 a 0, no Rio Grande do Sul, a equipe de Santa Catarina continua isolada na liderança do Grupo A16, com seis pontos; com dois empates, a Ferroviária ficou com a vice-liderança e Cianorte e Novo Hamburgo dividem a última posição, com um ponto cada.

O Leão volta a campo no domingo (6) para enfrentar o Novo Hamburgo. O jogo será às 16 horas, novamente em casa.

REFORÇO

Aldemir dos Santos Ferreira, conhecido somente como Ferreira, é o novo atacante do Cianorte FC. Formado na base do Grêmio-RS, o jogador de 20 anos costuma atuar da última linha do meio para frente e pretende ajudar o time a avançar na Série D.

Além do Grêmio, Ferreira jogou pelo São Luiz-RS e, nesta temporada, era um dos comandados do técnico Paulo Baier, no Toledo, onde obteve destaque.

O atleta já está em Cianorte e se juntou ao elenco para os treinamentos desta segunda (30).