Saúde

Laboratório de brucelose será inaugurado na próxima semana

Em Cianorte, uma iniciativa pioneira no Brasil entra em funcionamento a partir da próxima semana. Trata-se do Laboratório de Brucelose e Tuberculose Bovina que será inaugurado no dia 26 de fevereiro.

A unidade, construída e instalada na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, localizada no Paço Municipal, passa a ser responsável pela realização de exames para a detecção dessas doenças no rebanho leiteiro do município.

O serviço será prestado de forma totalmente gratuita a pequenos produtores de leite e proprietários de agroindústrias que utilizam o leite como matéria-prima.

O objetivo é oferecer até 3.000 exames anualmente, garantindo que produtos com sanidade e qualidade cheguem à mesa dos consumidores, uma vez que a Brucelose, também conhecida como Febre de Malta, é uma doença crônica, causada por bactérias, que atinge e mata bovinos em todo o mundo.

Entretanto, os humanos também podem ser infectados ao entrar em contato com animais ou produtos de origem animal contaminados, como laticínios não pasteurizados.

Os sintomas, de progressão lenta, como a falta de apetite, dores musculares e de cabeça, podem acarretar o desenvolvimento de complicações como a anemia, artrite, leucopenia, endocardite, impotência sexual, entre outras.

O laboratório faz parte de um programa de incentivo à erradicação da brucelose em Cianorte. Desenvolvido pela Secretaria de Agricultora, atualmente são disponibilizados dois mil exames por ano, com um custo de R$ 14 cada um aos cofres do município.

“Com a inauguração do laboratório, conseguiremos diminuir consideravelmente esse valor e, ainda, ampliar a oferta de exames, garantindo que uma maior quantidade de pequenos produtores possam ser atendidos e consigamos manter a brucelose longe do rebanho leiteiro do município”, explicou o secretário municipal de Agricultura, Waldiley Domingos.

Com a inauguração do laboratório, os exames devem ser realizados a cada seis meses nos rebanhos leiteiros cianortenses.